9 de julho de 2017

Grave: Mais um crime de Joesley Batista da JBS

A delação premiada de Joesley Batista está melada, praticamente imprestável, porque feita pelo empresário com o claro objetivo de obter vantagem e se livrar de punição pelos crimes cometidos, sem nenhum interesse de efetivamente colaborar com a Justiça.

A cada dia uma nova revelação surge, demonstrando que os irmãos Batista são criminosos irresponsáveis, inconsequentes e ardilosos, sem qualquer espirito patriótico, sem noção de decência e de altíssima periculosidade.

A JBS adquiriu uma empresa nos Estados Unidos, a Pilgrim's, Pride Corporation, utilizando recursos bilionários do BNDES.

Investiu dinheiro do povo brasileiro nos Estados Unidos e, para tanto, repassou propina para Antonio Palocci no valor de R$ 2,1 milhões.

Na delação, a JBS criminosamente omitiu a negociação bilionária, que agora vem à tona e ainda sustentou que Palocci não facilitou nenhuma transação da JBS no BNDES.

Mentiu escandalosamente e com extrema desfaçatez.

Dos US$ 2,8 bilhões de dólares utilizados na compra da empresa americana, US$ 2 bilhões saíram dos cofres do BNDES.

Um esquema fortíssimo, engendrado em detrimento do povo brasileiro, investimento no exterior, com enriquecimento absurdo e absolutamente ilícito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.