Veja como ficará a composição por partido no ministério de Dilma

Presidente Dilma Rousseff anunciou reforma ministerial nesta quinta (1º).
Com 7 ministérios, PMDB ampliou espaço no primeiro escalão do governo.

Do G1, em Brasília
A presidente Dilma Rousseff anunciou, nesta sexta-feira (2), a nova composição ministerial, e optou por reduzir em oito (de 39 para 31) o número de ministérios. Anteriormente, a expectativa era de que a presidente cortasse até dez pastas.
As principais mudanças estão no Ministério da Saúde, com a indicação do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI); além da criação de dois novos ministérios: Cidadania (que uniu Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos) e Trabalho e Previdência.

PT, partido da presidente Dilma, ficará com o comando de nove pastas. Já o PMDB, principal legenda da base aliada, ampliou espaço no primeiro escalão do governo, saindo de seis para sete pastas.
 PTB, PSDPPPRBPR, PCdoB e PDT terão o comando de uma pasta cada. Outros oito ministérios serão chefiados por ministros sem partido, de perfil técnico.
Veja como ficará a nova composição da Esplanada dos Ministérios e quem comandará cada pasta:
MINISTÉRIOS DO PT


Casa Civil: Jaques Wagner
Comunicação Social: Edinho Silva
Cultura: Juca Ferreira
Desenvolvimento Agrário: Patrus Ananias
Desenvolvimento Social: Tereza Campello
Educação: Aloizio Mercadante
Justiça: José Eduardo Cardozo
Secretaria de Governo: Ricardo Berzoini
Trabalho e Previdência: Miguel Rossetto

MINISTÉRIOS DO PMDB


Agricultura e Pesca: Kátia Abreu
Aviação Civil: Eliseu Padilha
Ciência, Tecnologia e Inovação: Celso Pansera
Minas e Energia: Eduardo Braga
Portos: Helder Barbalho
Saúde: Marcelo Castro
Turismo: Henrique Eduardo Alves

MINISTÉRIO DO PTB


Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior: Armando Monteiro

MINISTÉRIO DO PSD


Cidades: Gilberto Kassab

MINISTÉRIO DO PDT


Comunicações: André Figueiredo

MINISTÉRIO DO PCdoB


Defesa: Aldo Rebelo


MINISTÉRIO DO PRB


Esportes: George Hilton

MINISTÉRIO DO PP


Integração Nacional: Gilberto Occhi

MINISTÉRIO DO PR



Transportes: Antônio Carlos Rodrigues

SEM PARTIDO


Advocacia Geral da União: Luís Inácio Adams
Banco Central: Alexandre Tombini
Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos: Nilma Lino Gomes
Controladoria Geral da União: Valdir Simão
Fazenda: Joaquim Levy
Meio Ambiente: Izabella Teixeira
Planejamento: Nelson Barbosa
Relações Exteriores: Mauro Vieira

Comentários