Header Ads

'Abertura de processo de impeachment contra Dilma é precipitação', diz Fernando Henrique Cardoso



O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que a abertura de um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff é "precipitação". De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo, o tucano disse que não faz sentido partidos reivindicarem a saída de Dilma antes de decisões de tribunais e provas concretas sobre irregularidades.

"Como um partido pode pedir impeachment antes de ter um fato concreto? Não pode!", afirmou no Fórum de Comandatuba - evento que reuniu ex-presidentes latino-americanos no Sul da Bahia. "Você não pode fazê-lo fora das regras da democracia, tem que esperar essas regras serem cumpridas. Qualquer outra coisa é precipitação." No PSDB, há discordância sobre apoiar o pedido de impeachment. Em ÉPOCA desta semana, dois tucanos defendem em artigos visões bem diferentes sobre a questão.

O governador do Paraná, Beto Richa, tem visão semelhante à do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e afirma que não há, por ora, "fato gerador incontestável". O senador Cássio Cunha Lima tem opinião diferente e diz que há, sim, base jurídica para a abertura de um processo de impedimento de Dilma Rousseff. FHC também comentou, entre outros assuntos, a proposta de redução da maioridade penal. "Eu acho a redução arriscada. Se você reduz para 16 anos, aí o bandido vai pegar uma criança de 15 anos para dizer que não é culpado."

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.