Como o Atlético-PR pretende superar o líder Corinthians na Arena

Invicto e líder isolado do Brasileirão, o Corinthians é cada vez encarado como o time a ser batido pelos adversários. O desafiante da vez é o Atlético Paranaense. Os visitantes estão confiantes na estreia do treinador Fabiano Soares para sair de Itaquera com um resultado positivo.

Há três jogos sem vencer e ocupando a 14ª colocação, não é nó na primeira partida do comandante que o time aposta para surpreender o Corinthians. A volta de peças importantes também tem destaque. Para o confronto, o Atlético Paranaense deve ir a campo com: Weverton; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio, Eduardo Henrique; Lucho González; Nikão, Pablo e Ederson. A informação é do Globoesporte.com.

Dos 11 titulares, três não atuaram no último compromisso da equipe. Paulo André, Lucho González e Pablo estavam com problemas físicos e retornam para enfrentar o Timão. O defensor, com passagem pelo clube alvinegro, entra no lugar do suspenso Thiago Heleno.

Para o treinador recém chegado ao Brasil, a chance de enfrentar o Corinthians é uma motivação especial. Além disso, as dificuldades, segundo ele, seriam maiores contra times da parte de baixo da tabela.

"A motivação vem deles mesmo. Num campo cheio, televisão, já é motivante por si. Acho que o jogo complicado é contra o último. Mas em um campo bom, com todo mundo querendo ganhar, estádio cheio... o treinador tem que colocar as ideias em prática. Jogar no Atlético-PR é motivante. É fácil para o treinador do que contra o último", afirmou, em coletiva concedida nesta sexta-feira.

Comentários