Policiais prendem trio com 50 kg de entorpecentes em embarcação vinda de Tefé

Policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), em parceria com policiais da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai) da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), e Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, prenderam, em flagrante na manhã deste sábado, dia 20, por volta das 7h, Jhonathan de Souza Fatin, 22, Rômulo Albuquerque Pereira, 24 e Jander de Castro de Souza, 26, por tráfico de drogas. Com o trio as equipes apreenderam 40 quilos de maconha do tipo skunk e 10 quilos de pasta base de cocaína, totalizando 50 quilos de entorpecentes avaliados em R$ 400 mil.


O trio foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã de sábado, dia 20, às 10h, no prédio da Delegacia Geral, na zona Oeste da capital. De acordo com a diretora ajunta do Denarc, delegada Tamara Albano, os infratores foram presos em uma embarcação oriunda do município de Tefé, distante 523 quilômetros em linha reta da capital, no momento em que a embarcação atracava no porto privativo de Manaus, situado no Centro da capital.


"A delegacia de Manacapuru recebeu há cinco dias delações anônimas informando que essa droga viria de Tefé para Manaus, as denúncias davam conta de que os entorpecentes seriam entregues naquele município, a partir daí começamos a monitorar esse barco, equipes do Denarc e Seai se deslocaram em terra e via fluvial, as denúncias informavam, ainda, que a droga seria entregue em uma lancha ainda em Manacapuru, mas em nenhum momento notamos a aproximação de lanchas para pegar a droga", explicou a delegada.


Durante coletiva de imprensa, a diretora adjunta do Denarc informou, ainda, que no momento em que a embarcação atracava no porto privativo de Manaus, as equipes realizaram revistas nas bagagens dos passageiros, encontrando o material ilícito escondido em cinco malas que pertencia ao trio. "Em depoimento eles disseram desconhecer o dono da droga, falaram que estavam só fazendo o transporte e que iriam receber R$ 1 mil cada um, a droga tinha como destino final a capital e seria distribuída em pontos de vendas em zonas distintas", ressaltou


O titular da DIP de Manacapuru, Rodrigo Torres, ressaltou que a operação em conjunto com o Denarc e Seai foi satisfatória, uma vez que o município faz parte da rota do tráfico. "O trabalho em conjunto foi essencial para que conseguíssemos ter sucesso na apreensão, conseguimos tirar de circulação 50 quilos e dar um prejuízo de R$ 400 mil para o tráfico no Estado", finalizou.


Jhonatan, Rômulo e Jander, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ao término dos procedimentos cabíveis no departamento o trio será encaminhado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona Sul da capital.

Comentários