Header Ads

Estado Islâmico assume atentados que deixaram mais de 30 mortos em igrejas no Egito

Do R7, com Reuters

Aréa externa de igreja atacada em Alexandria Fawzy Abdel Hamied/Reuters


O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria de dois atentados em igrejas católicas no Egito, neste domingo (9). Segundo a agência de notícias Amaq, as explosões deixaram ao menos 36 mortes e mais de 100 feridos.

"Um grupo que pertence ao Estado Islâmico realizou os dois ataques às igrejas nas cidades de Tanta e Alexandria", disse a Amaq.

No ataque de Tanta, a cerca de 100 km da capital, Cairo, o alvo foi uma igreja católica copta, que estava lotada de fieis durante a realização de uma missa para celebrar o Domingo de Ramos.

Somente naquele local, o número de mortes já chega a 25.

Horas depois, em Alexandria, um homem-bomba fez o segundo ataque e deixou 11 mortos, incluindo três policiais.

Católicos coptas, que representam 10% da população egípcia, e muçulmanos tem convivido pacificamente por séculos no País, entretanto, este já é o segundo ataque em menos de seis meses.

Antes do Natal, 25 pessoas morreram e 31 ficaram feridas em um atentado contra uma das principais catedrais do Egito.

A comunidade cristã do Egito tem se sentido cada vez mais insegura desde que o Estado Islâmico se espalhou pelo Iraque e pela Síria, em 2014, atacando impiedosamente as minorias religiosas. Em 2015, 21 cristãos egípcios que trabalhavam na Líbia foram mortos pelo Estado islâmico.

O presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi e o primeiro-ministro, Sherif Ismail, visitarão Tanta ainda neste domingo. Sisi ordenou uma reunião de emergência do conselho de defesa nacional, informaram as agências de notícias estatais.

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.