Header Ads

Governo do Amazonas promove testes rápidos de HIV durante Semana de Conscientização do Diagnóstico Precoce

Em resposta à alta taxa de detecção do vírus HIV no Amazonas, o Governo do Estado criou a Semana de Conscientização do Diagnóstico Precoce de HIV para incentivar ações de prevenção e tratamento. Até a próxima sexta-feira (31), será realizado, na Fundação Alfredo da Mata (Fuam), das 7 às 9h, e na Fundação de Medicina Tropical (FMT-HVD), das 10h às 14h, o teste rápido para diagnóstico do vírus causador da Aids.

De acordo com a coordenadora estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais, da Fundação de Medicina Tropical, Silvana Lima, o diferencial é o acolhimento que o paciente recebe ao fazer o exame. "Antes do teste, nossa equipe conversa com o paciente, para analisar as condições em que vive e se é vulnerável à exposição do vírus. E se caso o resultado der positivo, ele é encaminhado para uma equipe de acolhimento que irá orientá-lo por quem também convive com o vírus e conhece bem o tratamento", esclarece.

"O teste rápido é feito pela punção da polpa digital, colhida uma gotinha de sangue, o resultado fica pronto entre 15 a 20 minutos. Também estamos aproveitamos que o paciente está aqui para triar outras doenças, como hepatite e sífilis", explica Silvana.

A Semana de Conscientização do Diagnóstico Precoce de HIV foi estabelecida por meio da Lei 4.444/2017, sancionada pelo governador do Amazonas, professor José Melo. As atividades iniciaram no último fim de semana, na Arena da Amazônia, durante o evento Red Bull Neymar Jr's Five, organizadas pela Coordenação Estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais, que atua vinculada a Fundação de Medicina Tropical (FMT-HVD).

Prevenção - De acordo com Evalcilene Santos, representante da Associação de Redução de Danos do Amazonas, que trabalha como voluntário no acolhimento da FMT, a criação da Semana de Conscientização chega numa boa hora. "É muito importante que as pessoas vençam o medo e, principalmente, o preconceito e venham fazer o teste. A prevenção é o melhor método para se ter uma vida saudável, mesmo sendo portadora do vírus. Aqui no grupo de acolhimento, que é formado por pessoas que vivem com o HIV, o paciente recebe todas as orientações e, por meio da nossa experiência, eles veem que é possível ter uma vida normal, seguindo o tratamento corretamente", ressalta.

Para João Souza (nome fictício), o tratamento recebido na FMT-HVD tem sido um grande diferencial. "O tratamento aqui pra mim tem sido excelente. Eu jamais poderia imaginar que aqui eu seria acompanhado por tantos profissionais, sempre com muita gentileza e dedicação. Eu sou muito grato a Deus por estar aqui. Faço tudo possível para seguir corretamente o tratamento", revela.

Dados – Conforme o Boletim Epidemiológico HIV/Aids, do Ministério da Saúde (MS), o Amazonas registrou 1.227 novos casos de HIV e 299 óbitos, em 2016. O estado tem apresentado taxas de detecção superior à média nacional, desde 2006. O maior pico foi em 2013, quando a taxa se situou em 37,4 casos por 100 mil habitantes, 83% maior que a média nacional, que é de 20,4 casos. Em 2016, a taxa ficou em 31,2 casos por 100 mil habitantes.

Lei - Diante de números tão alarmantes, o governador José Melo sancionou a lei 4.444/2017/ que estabelece a última semana do mês março, como a Semana Estadual de Conscientização do Diagnóstico Precoce de HIV, com o objetivo de detectar e tratar o vírus antes de qualquer sintoma.

Aplicativo para os jovens –  Silvana Lima frisa que uma das principais preocupações nos últimos anos tem sido a alta incidência de casos de HIV entre jovens e adolescentes. Por isso, o Governo do Estado lançou, no final de 2016, o aplicativo "Viva Mais App".

A ferramenta, desenvolvida pela empresa Processamento de Dados Amazonas S.A. (Prodam), tem o objetivo de auxiliar os jovens a tirar dúvidas sobre os métodos de prevenção, diagnóstico e tratamento. O aplicativo foi idealizado pela Coordenação Estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais, com a parceria do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), por meio do projeto "Viva Melhor Sabendo".

FOTOS: VALDO LEÃO/SECOM

 

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.