27 de março de 2017

Governo do Amazonas promove testes rápidos de HIV durante Semana de Conscientização do Diagnóstico Precoce

Em resposta à alta taxa de detecção do vírus HIV no Amazonas, o Governo do Estado criou a Semana de Conscientização do Diagnóstico Precoce de HIV para incentivar ações de prevenção e tratamento. Até a próxima sexta-feira (31), será realizado, na Fundação Alfredo da Mata (Fuam), das 7 às 9h, e na Fundação de Medicina Tropical (FMT-HVD), das 10h às 14h, o teste rápido para diagnóstico do vírus causador da Aids.

De acordo com a coordenadora estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais, da Fundação de Medicina Tropical, Silvana Lima, o diferencial é o acolhimento que o paciente recebe ao fazer o exame. "Antes do teste, nossa equipe conversa com o paciente, para analisar as condições em que vive e se é vulnerável à exposição do vírus. E se caso o resultado der positivo, ele é encaminhado para uma equipe de acolhimento que irá orientá-lo por quem também convive com o vírus e conhece bem o tratamento", esclarece.

"O teste rápido é feito pela punção da polpa digital, colhida uma gotinha de sangue, o resultado fica pronto entre 15 a 20 minutos. Também estamos aproveitamos que o paciente está aqui para triar outras doenças, como hepatite e sífilis", explica Silvana.

A Semana de Conscientização do Diagnóstico Precoce de HIV foi estabelecida por meio da Lei 4.444/2017, sancionada pelo governador do Amazonas, professor José Melo. As atividades iniciaram no último fim de semana, na Arena da Amazônia, durante o evento Red Bull Neymar Jr's Five, organizadas pela Coordenação Estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais, que atua vinculada a Fundação de Medicina Tropical (FMT-HVD).

Prevenção - De acordo com Evalcilene Santos, representante da Associação de Redução de Danos do Amazonas, que trabalha como voluntário no acolhimento da FMT, a criação da Semana de Conscientização chega numa boa hora. "É muito importante que as pessoas vençam o medo e, principalmente, o preconceito e venham fazer o teste. A prevenção é o melhor método para se ter uma vida saudável, mesmo sendo portadora do vírus. Aqui no grupo de acolhimento, que é formado por pessoas que vivem com o HIV, o paciente recebe todas as orientações e, por meio da nossa experiência, eles veem que é possível ter uma vida normal, seguindo o tratamento corretamente", ressalta.

Para João Souza (nome fictício), o tratamento recebido na FMT-HVD tem sido um grande diferencial. "O tratamento aqui pra mim tem sido excelente. Eu jamais poderia imaginar que aqui eu seria acompanhado por tantos profissionais, sempre com muita gentileza e dedicação. Eu sou muito grato a Deus por estar aqui. Faço tudo possível para seguir corretamente o tratamento", revela.

Dados – Conforme o Boletim Epidemiológico HIV/Aids, do Ministério da Saúde (MS), o Amazonas registrou 1.227 novos casos de HIV e 299 óbitos, em 2016. O estado tem apresentado taxas de detecção superior à média nacional, desde 2006. O maior pico foi em 2013, quando a taxa se situou em 37,4 casos por 100 mil habitantes, 83% maior que a média nacional, que é de 20,4 casos. Em 2016, a taxa ficou em 31,2 casos por 100 mil habitantes.

Lei - Diante de números tão alarmantes, o governador José Melo sancionou a lei 4.444/2017/ que estabelece a última semana do mês março, como a Semana Estadual de Conscientização do Diagnóstico Precoce de HIV, com o objetivo de detectar e tratar o vírus antes de qualquer sintoma.

Aplicativo para os jovens –  Silvana Lima frisa que uma das principais preocupações nos últimos anos tem sido a alta incidência de casos de HIV entre jovens e adolescentes. Por isso, o Governo do Estado lançou, no final de 2016, o aplicativo "Viva Mais App".

A ferramenta, desenvolvida pela empresa Processamento de Dados Amazonas S.A. (Prodam), tem o objetivo de auxiliar os jovens a tirar dúvidas sobre os métodos de prevenção, diagnóstico e tratamento. O aplicativo foi idealizado pela Coordenação Estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais, com a parceria do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), por meio do projeto "Viva Melhor Sabendo".

FOTOS: VALDO LEÃO/SECOM

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.