7 de fevereiro de 2017

Manacapuru resgatará sua imagem turística com apoio do Governo do Amazonas

Com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), o município de Manacapuru voltará a ser um dos principais indutores de turismo do Estado. A meta de transformar a Terra das Cirandas em uma cidade turística ficou definida em uma reunião que ocorreu nesta terça-feira (7) entre a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, e o prefeito do município, Beto D'Ângelo.

Além de novos eventos, como a 1ª Feira Agropecuária, que vão de fato movimentar a economia do município, um dos projetos para começar a consolidar a atividade turística em Manacapuru é a construção do novo Centro de Atendimento ao Turista (CAT), nas proximidades do Balneário do Miriti.

Bastante entusiasmada, por ser filha de Manacapuru, a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, confirmou que o mais breve possível os técnicos do Órgão Estadual de Turismo estarão no município para começar a fazer uma Oficina de Nivelamento e Planejamento Estratégico de Turismo. "Já fizemos de tudo pelo município, mas muita coisa não andou por falta de interesse dos atores envolvidos, principalmente os ligados ao município. Mas, agora sinto que a coisa vai caminhar e por isso o prefeito Beto tem nosso total apoio. Não temos muitos recursos, mas iremos atrás de quem tem e de quem pode nos ajudar", disse a titular da Amazonastur.

Há pouco mais de 30 dias no cargo, o novo prefeito de Manacapuru quer repaginar o município e assim resgatar a autoestima da população. "Temos potencial, só que ao longo do tempo tudo foi se perdendo. Vamos mudar isso", disse Beto D'Ângelo.

Futuro – O prefeito lamentou que muitos projetos e oportunidades para potencializar o município turisticamente foram perdidas. "Não só projetos. Mas terrenos foram invadidos, como os que tinham visão privilegiada para os rios Solimões e Manacapuru. Mas vamos esquecer o que passou e pensar no futuro e o turismo é uma das alternativas mais viáveis para o desenvolvimento econômico de nossa cidade", completou.

E é no desafio de geração de emprego e renda que o Governo do Amazonas, por meio da Amazonastur, está inserido. "Temos que potencializar os novos e os tradicionais produtos turísticos da cidade. As Cirandas, por exemplo, serão convidadas para que, junto conosco, possamos criar um plano de ação e promoção do Festival. Elas não podem ficar só esperando a ajuda da Prefeitura ou do Governo. Por ser perto de Manaus, podemos fazer uma parceria com os operadores de turismo para que eles possam levar os turistas ao município para conhecer os galpões e toda a cadeia artística delas", disse Oreni.

Eventos – "Os eventos bons são aqueles que todos possam participar e que a renda gerada possa circular no município". É com esse pensamento que Beto D'Ângelo, juntamente com a Secretaria Municipal de Turismo, começa a planejar novos eventos para a cidade. Um deles é a 1ª Feira Agropecuária de Manacapuru, que vai ocorrer durante os festejos de aniversário da cidade, no mês de julho.

"Antes, a cidade tinha, por exemplo, sete dias de festa, mas apenas dois eram bons, os restantes só eram gastos. Vamos fazer uma grande feira com criadores, produtores rurais, empresários, enfim, um leque grande de negócios para trazer de volta também as famílias para os eventos. Queremos eventos sim, mas de qualidade e que as famílias voltem a frequentar", finalizou o prefeito.  

Carnaval – No final da reunião, a presidente da Amazonastur entregou ao prefeito os flyers de promoção turística do carnaval de Manacapuru. Além do calendário completo, o material traz também um pouco da história do carnaval de rua do município, além de dicas de hospedagens e restaurantes.

Participaram também da reunião, que ocorreu na sede da Amazonastur, na avenida Djalma Batista – zona centro-sul de Manaus, o secretário de turismo de Manacapuru, Lurdem Cley Monteiro, e a sub-secretária de turismo, Máycita Pinheiro, além dos técnicos da Amazonastur.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.