14 de fevereiro de 2017

Governador do Amazonas, professor José Melo, anuncia investimentos para asfaltar ramais e ruas de Rio Preto da Eva e verba de R$ 5 milhões para a Educação do município


O governador do Amazonas, professor José Melo, aproveitou sua extensa agenda de inaugurações em Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus), na manhã desta segunda-feira, 13 de fevereiro,  para anunciar uma série de investimentos no município, que ainda este ano, terá pelo menos quatro de seus principais ramais totalmente asfaltados, assim como todas as suas ruas revitalizadas. Além disso, a Educação ganhará investimentos de R$ 5 milhões para a reforma de duas escolas estaduais e a construção de uma quadra poliesportiva.
"Já dei a ordem de serviço para a empresa asfaltar o Alto Rio, o Baixo Rio, o Francisca Mendes. Ainda nesse verão e no outro, vamos asfaltar as ruas da cidade, enfrentando o desafio de não deixar nenhuma rua esburacada", afirmou Melo, que durante sua chegada, também determinou que a estrada da entrada do município fosse recapeada, obra essa que começou antes mesmo de o governador deixar a cidade. "Eu quero isso pronto e volto pra fiscalizar daqui 15 dias", completou.
Ele ainda aproveitou a visita e fez anúncios para reforçar a Educação do município, onde garantiu investimentos da ordem de R$ 5 milhões, para a reforma das duas escolas do Estado e ainda a construção de uma quadra poliesportiva. "A educação sempre foi e sempre será a base para tudo. Só se cria uma sociedade justa e seres humanos dignos com ela. Trouxe meu secretario da pasta para fazer este anúncio e garanto que estas duas escolas receberão a devida reforma para prestar serviços de excelência", garantiu.
Parceira - Acompanhado pelo prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Sousa, José Melo participou da inauguração de diversas novas estruturas entregues pela prefeitura, entre elas um novo quartel da Polícia Militar, que vai receber o contingente de cerca de 50 homens que atuam na cidade.
Melo elogiou a iniciativa municipal e disse que os poderes têm de trabalhar em conjunto. "Na vida, não se faz nada sozinho. O Anderson alcançou a natureza da coisa pública. Mesmo na crise com todas as dificuldades, se juntar os recursos da prefeitura na mesma direção que o Estado, posso garantir que fazemos muito mais do que um do lado e outro do outro. Juntos nós podemos trabalhar melhor pelo povo", disse o governador.
Anderson Sousa, acompanhado por sua base de vereadores, diz que os municípios que trabalham em parceria com a gestão estadual só colhem benefícios. "O professor José Melo tem sido um grande companheiro no trato com a nossa população. Responsável e competente, ele sempre olhou com carinho para o Rio Preto e conhece suas potencialidades econômicas e pretende desenvolvê-las. Unidos, e com a proposta da Matriz Econômica, tenho certeza que cresceremos cada vez mais", afirmou o prefeito.
Na próxima semana, Melo se reunirá com a gestão municipal da cidade amazonense e definirá que outras medidas e investimentos podem ser realizados no município.
Segurança – Os homens da Policia Militar do Amazonas (PM-AM), que ganharam o novo quartel foram lembrados pelo governador sobre seu compromisso de garantir as promoções e os reajustes da classe. "Eu tenho um compromisso das promoções com vocês. Em abril, chega o dinheiro da repatriação e vamos pagar todo o retroativo em 12 parcelas e faremos todas as promoções", garantiu.
Verificando um problema crescente de assaltos dentro das escolas, ele determinou que o comando da PM faça uma varredura para identificar os responsáveis e também aproveite para apontar traficantes. "Vamos tirar as bocas de fumo daqui. Nenhum tipo de crime pode ser aceito".
Ressocialização – O governador também anunciou a construção de uma penitenciaria para 3,6 pessoas em Rio Preto da Eva. De acordo com ele, o local servirá para ressocializar presos de delitos não violentos como o não pagamento de pensão alimentícia. "Essa penitenciaria terá nove oficinas e lá, os internos vão trabalhar produzindo peixe e frutas, para que ao final do mês, as suas famílias recebam o valor correspondente ao trabalho deles. Quando terminar a pena, o Estado, por meio da Afeam, pode dar suporte para que montem seu negócio", explicou Melo.

Fotos: Bruno Zanardo/Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.