20 de fevereiro de 2017

A QUE PONTO CHEGOU O SER HUMANO: FILHO É PRESO SUSPEITO DE MANDAR MATAR O PAI E IRMÃ EM COARI.



Todos os jornais da capital estão dando a notícia da prisão de Neto,  filho do dentista morto em Coari, no dia em que o governador fazia uma série de inaugurações em Coari. Já no dia da morte a população já comentava a uma boca que Glauco Luiz Antony Barros,  29, o "Neto" estaria envolvido com o  assassinato do pai. A prisão dele aconteceu na tarde do último domingo  em via pública, na rua Joanico, perto da casa da sogra, no bairro Urucu, na cidade de Coari, localizada a 363 quilômetros de Manaus, segundo informou a assessoria de imprensa da Polícia Civil. A motivação do crime ainda não foi revelada.
Os comparsas não seguraram a onda de pagar sozinhos pelo crime e deram com a língua nos dentes. A Polícia informou que a prisão dele só foi possível após o depoimento de um dos suspeitos de executar o crime, João Oliveira dos Santos, o “Joãozinho”, que está preso. No depoimento, “Joãozinho” disse que Glauco seria o mandante. O outro suspeito de executar o crime, Kaisoney Pena, vulgo “Neyzinho”, também está preso.
O assassinato de dois inocentes, dentro da própria casa,  em plena luz do dia e quando a maior autoridade política do Amazonas estava em Coari, chocou a todos. Hoje,  com a revelação do envolvimento do filho no assassinato do próprio pai e da irmã,  deixou a todos estupefatos. Sem palavras para definir tamanha barbaridade. 
O quanto tão baixo o ser humano pode chegar.  O quanto horrivelmente a pessoa perde o senso de humanidade.  Talvez quando a motivação do crime for revelada,  a decepção ainda seja maior. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.