Header Ads

Polícia Civil deflagra operação nas ruas da capital contra a criminalidade

A Polícia Civil do Amazonas, por determinação do delegado-geral da instituição, Francisco Sobrinho, deflagrou na noite de sexta-feira, dia 6, e madrugada deste sábado, dia 7, operação policial em todas as zonas da capital com o objetivo de proporcionar mais segurança à sociedade, coibir práticas criminosas e reforçar o trabalho ostensivo nas ruas de Manaus. Os trabalhos foram coordenados pelos delegados Izair Soares da Silva, Geraldo Eloi e Mariolino Brito, respectivamente, delegado-geral-adjunto, diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) e diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI).

Conforme o delegado-geral, a ação faz parte das novas medidas de reforços à segurança em Manaus e nas unidades prisionais, definidas pelos órgãos que compõe a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM). A operação deflagrada pela Polícia Civil, iniciou na noite de ontem e irá se estender até a manhã da próxima segunda-feira, dia 9, em Manaus.

"Esse trabalho irá ocorrer diuturnamente na capital durante todo o fim de semana de forma ininterrupta. Começamos na noite de ontem, mas temos determinação do secretário de Segurança Pública do Estado e do delegado-geral para realizarmos essa ação em Manaus enquanto houver necessidade. A operação é integrada, mas cada força, que compõe o Sistema de Segurança do Amazonas, está atuando dentro das suas competências", pontuou Izair Soares da Silva.

Efetivo - Segundo o diretor do DPM, delegado Geraldo Eloi, ao longo desta operação a Polícia Civil irá atuar com efetivo de 125 servidores, entre delegados, escrivães e investigadores, divididos em equipes que irão atuar nos três dias de ação policial. No primeiro dia de operação, as equipes percorreram vias da capital. Pedestres foram revistados e, ainda, bares e veículos foram fiscalizados ao longo dos trabalhos.

"Estamos realizando uma varredura na cidade. Trabalhando a parte preventiva, quanto repressiva e ainda estamos empenhados nas buscas pelos fugitivos do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). Nosso objetivo principal é trazer mais sensação de segurança à população manauara", informou Eloi.

O diretor do DPM destacou, ainda, que durante a operação, foram percorridas todas as unidades policiais, que funcionam 24h como Centrais de Flagrantes, onde foi constatado que os trabalhos estão sendo realizados dentro da normalidade.

 

FOTOS: Erlon Rodrigues / Assessoria de Imprensa da PC-AM

 

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.