Header Ads

Orçamento Anual de Coari é discutido na Câmara

A PREVISÃO É QUE O ORÇAMENTO DE 2016 SEJA MENOR CERCA DE 60 MILHÕES DO QUE O ORÇAMENTO DESTE ANO,  O QUE INDICA UM DEFICIT E A PREVISÃO DOS REFLEXOS DA CRISE CONTINUAREM ATINGIDO OS RECURSOS FINANCEIROS DO MUNICÍPIO.


Vereador Clodair defende emendas ao orçamento. 

A Câmara Municipal de Coari realizou a primeira reunião,  das quatro sessões nas quais o poder legislativo local vai discutir a Lei Orçamentária Anual que vai nortear as receitas e despesas para administrar o município durante o  ano de 2016. O orçamento anual da Prefeitura de Coari para o próximo ano é de 242.076.997,62 (Duzentos e Quarenta e Dois Milhões Setenta e Seis Mil e Sessenta e Dois Centavos). O projeto de Lei n. 12 que trata da dotação orçamentária foi recebida na comissão de Finanças e Orçamento da Câmara no dia 03 de Novembro,  dentro do prazo legal e foi encaminhado para o plenário na noite desta terça-feira (1).


"Um projeto de lei do orçamento nunca recebeu uma emenda do parlamento coariense,  é o momento dos vereadores criarem alguma emenda ao orçamento municipal" - declarou o vereador Clodair, que é da base de apoio ao prefeito de Coari. O vereador Natinho lembrou da necessidade de alocar recursos para o setor primário,  para fortalecer a agricultura do município que segundo ele,  é fraca e dependente de outros municípios. O vereador Márcio Almeida sugeriu analisar e alterar o que seria destinado ao esporte e redirecionar para agricultura. O vereador Passarão também destacou a importância de alocar recursos para o setor primário "pois só assim a economia do município de Coari pode se fortalecer" - destacou o vereador.  O vereador Branco lembrou que o projeto de lei para o próximo ano já está contemplado um recurso maior para a agricultura do que foi alocado neste ano,  "o executivo já está contemplando essa necessidade de investir mais na agricultura" -  afirmou o vereador.  O vereador Deca também afirmou que percebeu essa preocupação do executivo municipal em alocar mais recursos para a agroeconomia.

O vereador Rogério Queiróz também destacou a importância do investimento no setor primário e percebeu esta preocupação por parte do executivo com relação a esta política pública.  O vereador Keyton Pinheiro, de oposição ao Prefeito Raimundo Magalhães, lembrou que é importante investir recursos para outros setores,  mas que o prefeito deve manter o salário dos funcionários em dia.  Já o vereador Adnamar Maciel falou que já houve uma redução do número de secretarias municipais e de valores de salários do alto escalão e que o orçamento de 2016 será menor do que o deste ano é de aproximadamente 60 milhões.

Segundo Manoel Alces Bezerra Júnior, O orçamento público representa a principal ferramenta de gestão governamental, pois retrata o plano de governo que contempla todas as despesas e a previsão de receitas, constituído de programas, ações e metas regionalizadas. A sua elaboração baseia-se na Lei de Diretrizes Orçamentárias e no Plano Plurianual, é uma lei de caráter autorizativo e possui vigência anual que coincide com o ano civil.



Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.