17 de novembro de 2015

GASODUTO COARI-MANAUS FEZ PARTE DO ESQUEMA DE DESVIO DE DINHEIRO

Segundo informações do Portal G1 O esquema desenvolvido junto à Diretoria de Serviços da Petrobras permitiu o desvio de recursos públicos a partir de quatro obras: Replan, Repar, Gasoduto Pilar/Ipojuca e Gasoduto Urucu Coari. As empresas responsáveis foram OAS, Mendes Junior e Setal, conforme o MPF.
 
Segundo a denúncia, os valores saíam dos contratos com a Petrobras, passavam por sofisticados processos de lavagem de dinheiro e chegavam até os diretores corrompidos na Petrobras. Segundo as estimativas, foram 24 atos de corrupção totalizando R$ 136 milhões e 503 atos de lavagem de ativos que somam R$ 292 milhões.
 
Não foi informado o valor específico de quanto foi desviado da construção do Gasoduto Urucu Coari, mas que a obra estava sendo utilizada para desvio de dinheiro, estava, segundo as denúncias.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.