Famílias afetadas no Alto Solimões começam a receber ajuda humanitária do Governo do Estado e novo município entra em Emergência na região


As famílias afetadas pela enchente nos municípios de Tabatinga, Benjamin Constant e Atalaia do Norte, localizados no Alto Solimões e que estão em Situação de Emergência, começaram na quartaa-feira, 15, a receber a ajuda humanitária do Governo do Estado, por meio da Defesa Civil AM. Na região, o município de São Paulo de Olivença também entrou na listagem emergencial.

Foram destinados para esses municípios nesse primeiro momento 52 toneladas de alimentos não perecíveis. As famílias irão receber também kits de higiene pessoal, redes, colchões e hipoclorito de sódio para purificar a água.

Em São Paulo de Olivença, que também entrou em Situação de Emergência, 1.466 famílias foram afetadas. O município também será atendido pelo Estado com apoio humanitário.

Com esta cidade sobe para 17 o número de municípios do Amazonas em anormalidade (16 em Situação de Emergência e Boca do Acre, no Purus, em Estado de Calamidade Pública).

Ao todo o Governo do Amazonas já enviou 325.500 toneladas de alimentos não perecíveis, além de kits dormitório (colchões, redes, mosquiteiros) kits de higiene pessoal, medicamentos, filtros de água e hipoclorito de sódio, as cidades afetadas pela cheia. O Estado também fez o repasse financeiro às prefeituras municipais de Boca do Acre, Envira, Itamarati e Eirunepé, no valor total de R$ 1,250 milhão, para ser usado no socorro as vítimas.

Balanço Geral da Enchente 2015

Estado de Calamidade Pública
1. Boca do Acre-Purus

Situação de Emergência
1 Itamarati-Juruá
2 Guajará-Juruá
3 Ipixuna-Juruá
4 Eirunepé- Juruá
5 Envira- Juruá
6 Canutama-Purus
7 Tapauá-Purus
8 Carauari-Purus
09 Pauiní-Purus
10 Lábrea-Purus
11 Atalaia do Norte- Alto Solimões
12 BenjaminConstant-Alto Solimões
13 Tabatinga- Alto Solimões
14 Amaturá – Alto Solimões
15 Santo Antônio do Iça- Alto Solimões
16 São Paulo de Olivença- Alto Solimões

Situação de Alerta
1  Tonantins - Alto Solimões
2 Humaitá-Madeira

Pessoas Afetadas- 103.865
Famílias- 20.768

Total de Ajuda Humanitária do Governo- 325.500 toneladas de alimentos não perecíveis, além de kit´s dormitório (colchões, redes, mosquiteiros) kit´s de higiene pessoas, medicamentos, filtros de água, hipoclorito de sódio.

Repasse Financeiro do Governo Estadual
Boca do Acre-R$550,000
Envira- R$200,000
Itamarati- R$200,000
Eirunepé- R$300,000

Campanha Governo Solidário- 33 toneladas doadas.
Instituições doadoras: SEAS, Fundo de Promoção Social, Universidade da Terceira Idade, Café do Norte, Susam, Grupo Infantil Vida e Arte (projeto GIVA) em parceria com a Escola Municipal João Alfredo, localizado no Bairro da Paz, Centro Educacional Século e populares.


Comentários