17 de março de 2015

Microsoft confirma que vai acabar com a marca Internet Explorer



É o fim de uma era. Enquanto a Microsoft já havia revelado que estava trabalhando em um navegador leve para Windows 10 codinome ‘Project Spartan’ e insinuações que seria uma substituição Internet Explorer, um executivo da empresa já confirmou que estes dois são realmente produtos separados, e o tão caluniado Internet Explorer está a caminho para ser encerrado.

Em conferência de Convergência da Microsoft em Atlanta na segunda-feira (16-03), informa The Verge, chefe de marketing da Microsoft Chris Capossela disse que a empresa está trabalhando atualmente em um novo nome e marca. Internet Explorer ainda serão mantidas “em algumas versões” do Windows 10, por razões de compatibilidade, mas o novo navegador – seja lá o que acaba sendo chamado – vai tomar o seu lugar como a principal navegador para os usuários a acessar a web a partir do Windows 10.

A marca Internet Explorer ganhou uma má reputação no início e em meados da década de 2000, tanto para a segurança e para o cumprimento de normas. Apesar dos melhores esforços de marketing da Microsoft, e, na verdade, entregando um navegador rápido e capaz com as versões mais recentes do Windows, não foi capaz de livrar-se do estigma.

Projeto Spartan trará uma interface simplificada, bem como algumas características diferentes, incluindo apoio Cortana, uma lista de leitura que pode salvar artigos para leitura offline e sincronia entre seus telefones e PCs, e a capacidade de anotar e peças clipe de páginas da web para fácil compartilhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.