Coari e outros municípios do AM terão vôos retomados na próxima semana


O ministro da Secretaria Nacional da Aviação Civil, Wellington Moreira Franco, disse hoje (03) que, até a próxima quarta-feira (09), o órgão e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vão publicar uma portaria ampliando o prazo para que os aeródromos de 11 municípios do Amazonas possam se adequar às regras aeroportuárias. Com isso, a empresa aérea poderá retomar os voos cancelados para esses locais.


A garantia foi dada ao senador Eduardo Braga (PMDB/AM), que se reuniu com o ministro antes de embarcar para Manaus junto com a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti. Eles participam do encontro do governo federal com prefeitos do Amazonas. A medida será anunciada aos gestores municipais presentes no encontro.

Barcelos, Carauari, Coari, Envira, Eirunepé, Fonte Boa, Humaitá, Parintins, Santa Isabel do Rio Negro, São Paulo de Olivença e São Gabriel da Cachoeira foram os municípios que tiveram voos reduzidos pela empresa Azul Linhas Aéreas, que alegou estar cumprindo ordens da Anac. Os voos para Coari tiveram a redução mais drástica, diminuindo de seis para apenas dois voos semanais. A situação também é crítica nos municípios de Barcelos, Eirunepé e Humaitá. Os dois primeiros tiveram redução de quatro para dois voos semanais e o último de quatro para apenas um.

O senador Eduardo Braga explicou a Moreira Franco que uma solução imediata para o problema vem sendo solicitada dos dois órgãos federais pela bancada do Amazonas há mais de três semanas. Além de Braga, os senadores Vanessa Grazziotin (PCdoB) e Alfredo Nascimento (PR/AM) e, ainda, o deputado federal Francisco Praciano (PT), estão participando das negociações para resolver, conforme explicaram, não só a retomada dos voos, mas todos os impasses relacionados à aviação regional no Amazonas.

"A população desses municípios está sendo bastante prejudicada com a redução desses voos. No Amazonas e em toda a Amazônia, o transporte por via aérea, muitas vezes, faz a diferença entre a vida e a morte. Não podemos mais adiar a apresentação de uma solução para esse problema", disse Braga.

Em resposta, o ministro da SAC informou que além de ampliar os prazos para que os municípios se adequem às regras da Anac, a Secretaria está em fase final de elaboração de um plano voltado para a região amazônica. Uma das medidas estudadas é alterar a legislação e diferenciar regras exigidas para grandes e pequenos aeroportos.

Comentários