Política, Cotidiano, Amazonas e Notícias a partir de Coari.

Tecnologia do Blogger.

DO GUIA COARI: PRESOS OS RESPONSÁVEIS PELA ONDA DE ASSALTO EM COARI

POR: ELEDILSON COLARES
A JATO CHEGA HOJE(3) COM 4 PRESOS

Fotos:Ely Almeida

Delegado Walter Cabral usa parcerias e estratégias
.
Ao chegar a Coari, na tarde de hoje(03), a lancha Expresso Kedson Araújo II vai estar desembarcando quatro presos acusados pela onda de assaltos que deixou em pânico muitos comerciantes pela cidade. 

Na última operação do bando, um dos assaltantes foi identificado. A vítima foi espancada e jogada n’água e por muito pouco não morreu crivada de balas. 

Todos os acusados presos são de Manaus, onde possuem longas fichas criminais. Interceptações telefônicas autorizadas pela justiça de Coari foram determinantes para que a polícia chegasse a efetuar a prisão de todos. Ainda investiga-se a participação ou apoio de pessoas que moram em Coari. 

Entre os acusados está Walter Nogueira do Nascimento, o “bodó”, que trabalhou no porto do Consócio Amazonas Gás (Consag) utilizando os documentos de um irmão seu, Waldemir Nogueira do Nascimento. Era, de acordo com as investigações, trabalhando normalmente como qualquer outra pessoa, que ele reunia informações para assaltar. 

Numa das conversas gravadas pelos investigadores eles já haviam comprado um carro em Manaus e faziam churrasco comemorando os planos bem sucedidos. No dia 18 de março, próximo ao Itapéua, “bodó” foi reconhecido no assalto a um barco, que rendeu R$ 18 mil. 

Acompanhados por policiais civis os quatro - “bodó”, “tonhão”, Américo e Edmundo – logo que desembarcarem irão direto para a 10ª DR, onde o delegado Walter espera que as vítimas possam reconhecer os acusados. 

INTEGRAÇÃO 
Do lado do bem, entre a polícia e a justiça, também há planejamento e integração para se obter um resultado positivo. O delegado Walter Cabral destaca que a colaboração dos juizes da comarca de Coari, bem como do promotor Rogério Marques foi de extrema importância para o êxito na operação. “A qualquer hora, do dia ou da noite, eles estavam sempre aptos a ajudar avaliando as solicitações feita pela polícia”, ressalta o delegado. 

Outra resposta positiva que a sociedade coariense está ansiosa em receber é a diminuição dos acidentes de trânsito registrados pelas ruas da cidade. Um comunicado de Utilidade Pública foi expedido pelo titular da 10ª DR alertando os pais e responsáveis por menores que dirigem motos e carros em Coari. 

“Eles serão penalizados com os rigores da lei”, adverte o delegado. De acordo com o artigo 310 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) cabe aos pais responderem pelas infrações cometidas pelos menores de 18 anos na direção de veículo. 

Walter Cabral explica que durante as abordagens que fazem nas ruas, caso por pego menor dirigindo será instaurado um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) contra o responsável que, poderá sofrer pena que varia de seis meses a um ano de detenção e pagamento de multa.

Autor

Daniel Maciel, Comunicador e Bacharel em Ciência Política.

NOTÍCIAS MAIS LIDAS