Header Ads Widget

Recent Comments

header ads

Ministro da Saúde promete à Sandra Braga liberar recursos para o Hemoam e 10 municípios do Amazonas


O ministro da Saúde, Arthur Chioro, assegurou à senadora Sandra Braga (PMDB/AM) que o governo federal vai liberar, nas próximas semanas, cerca de R$ 3 milhões para dez municípios do Amazonas investirem em compra de equipamentos médicos e reforma e ampliação de unidades de saúde. Também será liberado financiamento para a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) investir em aquisição de equipamentos para o Hospital do Sangue, em Manaus.

A parlamentar explicou a Chioro que os recursos, oriundos de emenda parlamentar do senador licenciado e hoje ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, já estão empenhados desde o ano passado. Em um primeiro momento, deverão ser contemplados os municípios de Alvarães (R$ 200 mil), Anamã (R$ 200mil), Eirunepé (R$ 196.950), Japurá (R$ 200 mil), Jutaí (R$ 200 mil), Lábrea (R$ 199.800), Santo Antonio do Içá (R$ 200 mil), São Sebastião do Uatumã (R$ 199.988), Tapauá (R$ 190.070) e Tonantins (R$ 200 mil). Para o Hemoam, serão liberados R$ 1 milhão.

"A liberação desses recursos vai resultar no fortalecimento da infraestrutura de saúde dessas localidades e na melhoria da infraestrutura de saúde, trazendo reflexos positivos nas condições de atendimento prestados à população, sobretudo à camada mais carente que recorre frequentemente aos servidos públicos em busca de auxílio", explicou a senadora.

O ministro informou que os recursos para compra de equipamentos serão liberados integralmente. Para investimento em obras de ampliação e reforma de unidades de saúde, os valores serão pagos em etapas, de acordo com o andamento das obras.

Além desses municípios, Arthur Chioro também assegurou à senadora Sandra Braga que o próximo agendamento de pagamentos do Ministérios mais nove municípios serão incluídos na lista dos que receberão recursos para investimento em saúde: Boca do Acre, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Maués, Novo Airão, Parintins, Tefé e Urucará. A expectativa, segundo o ministro, é de que isso ocorra até o final deste ano.

Postar um comentário

0 Comentários

Random Posts

header ads