Além da aquisição própria pela prefeitura, o hospital regional foi reforçado no último dia 5 pela doação da diocese de Coari de concentradores de oxigênio e respiradores bipaps




A prefeita de Coari em exercício, Dulce Menezes (MDB), divulgou hoje (9) que adquiriu equipamentos para atender pacientes de coronavírus (covid-19) no hospital regional da cidade.

Conforme ela, a UCI (unidade de cuidados intensivos) do hospital foi reforçada com investimento que saiu dos cofres públicos do município.

São seis leitos hospitalares elétricos, seis ventiladores mecânicos, 20 bombas de infusão, seis monitores multiparâmetros, dois aspiradores de secreção, um desfibrilador, um carrinho de emergência e cinco bipaps (ventilação não invasiva).

“Desde o início da pandemia, a Prefeitura de Coari, no que concerne à sua competência, não tem medido esforços e investimentos para a melhoria no atendimento prestado à população e, principalmente, aos pacientes diagnosticados com a covid-19”, disse Dulce.

Dessa maneira, a prefeita afirma que Coari está melhor preparada para prestar atendimento de qualidade com o aumento da epidemia no Amazonas.

Conforme explicou, os equipamentos são essenciais para a sobrevivência do paciente em estado crítico. Os leitos hospitalares elétricos, por exemplo, facilitam, dentre outras coisas, a mudança de decúbito e o banho.

Leia mais

Famílias de Coari ganham auxílio de R$ 300 da prefeitura durante 12 meses

Outras doações

Além da aquisição própria pela prefeitura, o hospital regional foi reforçado no último dia 5 pela doação da diocese de Coari de dois concentradores de oxigênio e três respiradores bipaps.

Segundo a diocese, a doação foi feita pelo papa Francisco, via campanha de solidariedade da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)/regional Norte e arquidiocese de Manaus.

Outra ajuda chegou a Coari hoje (9), com doação ao hospital de dois respiradores bipaps e duas máscaras de VNI (ventilação não invasiva). São equipamentos importantes para respiração do paciente, evitando intubação e traqueostomia.

Os aparelhos foram doados pela Defensoria Pública do Amazonas (DPE).

Foto: Divulgação/Prefeitura de Coari