Header Ads Widget

Recent Comments

header ads

O que se sabe sobre o cessar fogo em duas cidades na Ucrânia

Legenda da foto, Guerra tem cessar fogo de cinco horas para retirada de civis de duas cidades
Resumo da reportagem:

-Cessar fogo foi anunciado pelo governo russo para tirar moradores de duas cidades ucranianas

-O prefeito de Mariupol, Vadym Boichenko, tinha feito um pedido para criar um corredor humanitário em meio a um bloqueio

-O cessar fogo anunciado duraria cinco horas, mas não é válido para o país inteiro. Os ataques continuam em diversas outras regiões

Fim do Talvez também te interesse

Neste sábado (5/3), 10º dia da invasão russa à Ucrânia, o Ministério da Defesa da Rússia anunciou um cessar-fogo temporário de cinco horas e a abertura de corredores humanitários para civis a partir das 10h (4h no horário de Brasília). O anúncio foi feito em relação a duas cidades no sudeste da Ucrânia, Mariupol e Volnovakha.

Um "regime de tranquilidade" será implementado para que a população civil deixe as cidades e foi acordado com as autoridades ucranianas, afirmou o Ministério da Defesa, de acordo com a imprensa russa. De acordo com o governo russo, a rota de evacuação acordada termina na cidade ucraniana de Pokrovsk.

O vice-prefeito de Mariupol disse que decidiu retirar as pessoas das ruas e interromper a evacuação da cidade, pois a cidade não está segura. Serhiy Orlov disse à BBC que há bombardeios contínuos em Mariupol e ao longo da rota de evacuação acordada, perto da cidade de Orikhiv.

"Não é seguro passar por essa estrada por causa desses conflitos", diz ele.

O governo ucraniano já está conversando com autoridades russas sobre a violação do cessar-fogo, diz ele. As negociações continuam em andamento.

Fim do Podcast

A evacuação de civis de Mariupol foi adiada, de acordo com o conselho da cidade de Mariupol. Ele diz que o lado russo não está cumprindo o cessar-fogo temporário em vigor.

Ele diz que os moradores devem se dispersar e encontrar locais de abrigo, e que novas informações serão dadas em breve.

O prefeito de Mariupol, Vadym Boichenko, tinha pedido mais cedo um corredor humanitário em meio a um bloqueio em andamento e ao que chamou de "ataques implacáveis".

Mariupol é uma importante cidade portuária e está sitiada pelas forças russas há vários dias. Também ocorreram intensos combates em Volnovakha.

Em outras regiões, a batalha continua. Diversas explosões foram ouvidas em Kharkiv, no nordeste da Ucrânia.

Na cidade oriental de Sumy, cercada por tropas russas, o bombardeio começou às 5h (23h de sexta-feira no horário de Brasília), segundo a imprensa ucraniana.

Ouvimos muito na última semana sobre o brutal bombardeio e bloqueio de Mariupol, uma cidade portuária de cerca de 450 mil habitantes.

Já a pequena cidade de Volnovakha - onde também foi acordado um cessar-fogo temporário - não tem sido muito noticiada pela imprensa, apesar de ser palco de intensos combates.

Volnovakha tem apenas 25 mil pessoas e fica localizada no meio do caminho entre Mariupol e Donetsk.

Os moradores de lá disseram ao Guardian que quase todos os prédios foram destruídos ou danificados pelas forças russas.

O deputado local, Dmytro Lubinets, disse que a luta foi tão intensa que os corpos não foram recolhidos.

Postar um comentário

0 Comentários

Random Posts

header ads