O município de Coari já sofreu muito em ter à frente de sua gestão prefeitos inesperientes, e também padeceu muitas dificuldades quando apostou na mudança, seja por voto ou por vias jurídicas. A história recente comprova esses fatos. 


Em 2008 houve uma mudança na administração do município de Coari após disputa jurídica. O povo de Coari sofreu as consequências da mudança. Três prefeitos passaram pela prefeitura como resultado da briga jurídica e só quem sofreu foi o povo com bloqueio de pagamentos e muita confusão na cidade. Até o ano de 2012 os coarienses conviveram com falta de pagamento, insegurança total e problemas de toda sorte na gestão pública. 


Em 1º de janeiro de 2013 quando Adail Pinheiro tomou posse como prefeito, a cidade estava abandonada, à beira de uma calamidade. 


O salário dos servidores públicos estava atrasado havia dois meses e o 13º não eram pago há dois anos. O sistema de saúde estava na UTI, a coleta de lixo era irregular desde a metade do último trimestre de 2012 e as ruas escuras à noite, aumentando a violência por toda a cidade. Sem contar que o ex-prefeito não aceitou fazer a transição de governo.


A cidade estava sem uma ambulância sequer, o transporte de vítimas e pacientes era feito numa Kombi. Crateras, valas, buracos, matagal e lama eram constantes em toda a rede viária do município. Em algumas ruas o trânsito de motos, pessoas e carros era totalmente inviável e obrigando as pessoas ao isolamento, principalmente em casos de doenças.


Novamente em 2014 começou o troca-troca de prefeitos, mudanças que só arruinaram o município. Para ter ideia do problema que o povo enfrentou, no período de 01 ano passaram pela prefeitura 05 prefeitos. O resultado da mudança foi salários atrasados, lixo nas ruas, falta de saúde e segurança pública. Um caos total. 


As mudanças só trouxeram instabilidade ao município e sofrimento ao povo. A população é tão consciente disso que é muito comum ouvir nas ruas o seguinte comentário: "A oposição teve a oportunidade, mas desperdiçaram fazendo uma péssima administração". 


Os últimos quatro anos foram anos de estabilidade política, pela primeira vez nos últimos anos um prefeito começa e termina seu mandato. Atualmente o município de Coari passa por um dos melhores momentos de sua história. Salários em dias, cidade urbanizada, hospital e saúde em pleno funcionamento, segurança pública e muitas outras políticas em andamento. Nem o povo de Coari quer mudança e tão pouco uma mudança é necessária neste momento. Colocar na prefeitura um gestor inesperiente seria colocar o município em período de muitas dificuldades e sofrimento para o povo.