No perfil oficial da Defensoria Pública do Estado do Amazonas, foi feito um apelo inusitado pela instalação de um pólo da entidade em Coari. O apelo foi feito através de uma linguagem de comunicação pessoal, da seguinte maneira: 

O perfil seguiu dizendo o seguinte:

"Não sei se vocês sabem, mas, entre os órgãos que recebem repasse do Tesouro Estadual, eu sou o que ganha a menor fatia (atualmente 1,5%). Esse orçamento é definido todos os anos em votação dos deputados estaduais".

"Já levei meus serviços por aí em ações itinerantes, mas um polo não seria má ideia, hein Coari?! Eu quero estar aí! Mas para seguir com o meu plano de interiorização, preciso de mais orçamento". 

"Este ano, de novo, eu volto a pedir o apoio dos parlamentares e explicar para você, seguidor e seguidora, um pouco do meu funcionamento. Tô abrindo o jogo, Coari... Nos próximos dias, volto a conversar com o meu interior sobre o assunto".

Pois, foi um recado bem direto. Mais direto impossível.