É de impressionar como o novo coronavírus de alastrou por Coari. Impressiona também a quantidade de mortos pela doença. O município que no dia 19 de abril registrou o primeiro óbito em menos de um mês chegou a ser o 3° município no Brasil em que mais pessoas morriam por 100 mil habitantes. Mesmo com a mudança na metodologia para confirmação de óbitos adotada pela secretaria de saúde com contraprova para atestar óbitos pelo novo coronavírus, os números de óbitos colocam Coari entre os 5 municípios do Amazonas onde mais estão morrendo pessoas por Covid-19.

Em número de casos confirmados, Coari já é o segundo do Amazonas, superando em muitos outros municípios que no início da pandemia preocupavam mas que aparentemente tiveram os casos positivas controlados ou não testados. A prefeitura de Coari adotou a medida da busca ativa, indo nos bairros fazer testagem, isso explica o aumento dos casos positivos, segundo o próprio prefeito do município, Adail Filho, havia anunciado que aconteceria. 

Fato é que apesar da aparente situação de normalidade que se vê nas ruas de Coari, com a grande movimentação de pessoas, a doença não está controlada. Há uma impressão que as pessoas ignoram e de alguma forma tentam voltar a normalidade, apesar de que a realidade é que o contágio continua elevando o município a um grau de infecção alto.