Município cai para a quarto lugar em número de óbitos. Até uma semana atrás era o segundo onde ocorria mais casos de morte por Covid-19.
 
Compra de novos equipamentos, para ajudar nos tratamentos mais complexos, fazem parte desta luta pela vida. 

A luta contra o novo coronavírus é uma luta ingrata. Os profissionais de saúde lutam exaustivamente para avançar no tratamento clínico contra os sintomas , mesmo sabendo que não há um remédio específico para matar o vírus. 

Em Coari várias iniciativas da prefeitura somaram forças nesta guerra pela saúde, desde leis para tentar conter aglomerações, ações de sanitização nas ruas feiras e lugares movimentados, compra de equipamentos para o atendimento no hospital, distribuição de milhares de máscaras e álcool em gel dentre outras iniciativas. Mesmo assim, os avanços são lentos por conta da velocidade com que a doença se propaganda, assim como pela sua alta letalidade. 

Mas é importante frisar que aos poucos estamos vendo a luta pela vida ser vencida em Coari. Não me refiro aqui a questão dos casos positivos de COVID-19 que continuam crescendo, mas a taxa de letalidade que começa a baixar, assim como os recuperados que aumentam e que estão vencendo o vírus e saindo vivos para contar a história.

POSITIVOS 

Com os dados atualizados na tarde desta terça-feira (12), o nosso município continua entre os 05 do interior do Amazonas que mais testa casos positivos, ocupando a quarta colocação entre os casos positivos para o novo coronavírus. A relação é a seguinte: Manacapuru (965); Tefé (459); Parintins (451); Coari (339); Tabatinga (329).

LUTA PELA VIDA AVANÇA 

Já com relação aos óbitos a luta pela vida avança em Coari. Até a semana passada o município era o segundo no interior onde mais pessoas morriam por COVID-19. Agora este quadro está mudando e o município cai para a quarta colocação.
Veja a relação (os números são a quantidade de óbitos em cada um dos municípios): Manacapuru (50); Tabatinga (38); Parintins (35); Coari (34); Itacoatiara (31). Isso é uma boa notícia à medida que mais pessoas estão saindo recuperados do hospital de Coari e menos pessoas estão perdendo a vida. 

Isso não significa que deve haver um relaxamento nas medidas de prevenção neste momento. Significa que as pessoas devem continuar com a prevenção, com o uso de máscaras e que diante dos primeiros sintomas devem buscar imediatamente as UBS de referência para fazer exames. Não deixar a doença progredir muito para procurar os órgãos de saúde também é importante para evitar que pessoas que possuem outras comobirdades venha a perecer.