Enquanto as forças de segurança e Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam), em parceria com a Delegacia Fluvial da Polícia Civil (Deflu) e Marinha do Brasil, realizaram a “Operação Flutuante”, sobre funcionamento de flutuantes no Lago Tarumã, durante os decretos da pandemia, uma aglomeração chamou atenção na rede social na noite deste domingo (10). 

Vídeo mostra Dezenas de pessoas aparecem aglomeradas, muitas sem máscara ou qualquer outra proteção, para buscar encomendas no porto da Manaus Moderna. Nos grupos de WhatsApp, pessoas aglomeradas dessa forma tem sido apelidadas de “imortais”, como forma de deboche. Um vídeo que circulou nas redes sociais mostra o grupo no local para retirar produtos ou buscar passageiros. 

A gravação mostra um total desrespeito não só aos decretos municipais e estaduais, mas também às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) em relação à pandemia. É preciso sempre lembrar que o novo coronavírus não tem remédio específico, não há vacina ou um tratamento ainda amplamente aprovado. O vírus já provocou mais de 282 mil mortes em 187 países e soma mais de 4 milhões de infectados no mundo afora.

LEIA O POST COMPLETO NO SITE DE ORIGEM: Portal Marcos Santos