Coari volta ao centro das atenções no noticiário. Noticiário nacional inclusive, com direito a reportagem do fantástico. Mais que as denúncias publicadas na reportagem, o que chamou a atenção dos coarienses, foram as imagens usadas para ilustrar a narrativa de abandono da cidade.

Imagens antigas. Muitos moradores de Coari não reconhecem aquela cidade, como a cidade onde eles moram. A infra-estrutura urbana está bem melhor hoje.

Alvo da matéria e de denúncias do Ministério Público, o prefeito de Coari, Adail Filho, pode ser solto, nesta terça-feira (1º), data em que encerra o período de cinco dias referentes ao prazo da prisão temporária. 

Ele está detido desde a última quinta-feira (26), no quartel do Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM), no quilômetro 17 da rodovia AM-010, próximo a barreira, após a deflagração da operação ‘Patrinus’. Porém, de acordo com o Ministério Público do Estado (MPE-AM), por lei, a prisão dele pode ser prorrogada por mais cinco dias.