22 de julho de 2017

Moradores de Coari saem às ruas para declarar apoio a Amazonino


Foto: Clóvis Miranda

Em busca da reconstrução do Estado, o candidato Amazonino Mendes (PDT) arrastou uma multidão de moradores dos municípios de Boca do Acre e Coari, durante carreatas e comícios, realizados neste sábado (22).
Na "Rainha do Solimões" (a 444 quilômetros de distância da capital), por volta das 17h30, os moradores pararam a cidade para festejar a chegada do criador da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Ao receber gestos de carinho e palavras de incentivo, Amazonino se emocionou com o apoio declarado em Coari para a disputa do cargo de governador do Amazonas, no pleito suplementar.

"Meus amigos, é uma satisfação maravilhosa para a minha alma poder retornar aqui. Não pelo sentimento de vaidade, por disputar mais uma eleição. Mas sim, pelo modo como fui recebido aqui em Coari. Lembro-me das minhas vindas à cidade para tocar o projeto Terceiro Ciclo, distribuindo rabetas, casa de farinha, entre outros implementos agrícolas, e a cidade ficava lotada de pessoas esperanças, felizes por dias melhores. Quero contar com o apoio de cada um, para juntos reconstruirmos o Amazonas", comentou.

De acordo com o governador, a cidade tem uma natureza riquíssima, mas que ainda carece de uma gestão que dê oportunidades ao povo coariense. "Coari, pela potência econômica e pela riqueza natural que possui, já era para ter um polo industrial. A cidade precisa de gestores que olhem para o seu povo, de modo que se gere emprego e renda. Assumindo o governo, eu vou devolver o amor e a tranquilidade ao Estado, sobretudo, para os moradores de Coari", finalizou.

Para a dona de casa, Margarete Silva, 55, somente Amazonino Mendes é capaz de dar segurança ao município. "A cidade foi tomada pela violência. No tempo dele, não havia essa onda de criminalidade nesta cidade. Tenho certeza que Amazonino vai colocar a casa em ordem e devolver a paz aos moradores de Coari", destacou a eleitora.
  

Um comentário:

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.