Header Ads

Mais do que a Bola de Ouro: as razões de Neymar para querer sair do Barcelona

Foto: Divulgação/Barcelona Neymar participa normalmente da pré-temporada do Barça nos EUA


A saída de Neymar do Barcelona parece estar cada vez mais perto. O jornal catalão Sport fez uma lista nesta sexta-feira (21) em que levanta os vários motivos que fazem o craque brasileiro querer deixar o Barcelona para jogar no Paris Saint-Germain, da França.

 

Segundo a publicação, as motivações vão além de "deixar a sombra" de Messi. 

 

Confira os motivos:

 

Clã brasileiro

 

Quando chegou ao Barcelona, em 2013, o elenco do time espanhol era repleto de brasileiros. Além de Daniel Alves, Rafinha e o lateral Adriano também faziam parte do grupo. Hoje, apenas Rafinha permanece no grupo, já que Douglas não deve continuar e o zagueiro Marllon, nem sempre é relacionado para os jogos.

 

Hoje, os grandes amigos do camisa 11 no grupo são Messi e Suárez, mas sua amizade com os companheiros de ataque é diferente por vários motivos, como idade, idioma e estado civil.

 

Sem "parças" no elenco, Neymar teria pedido alguns nomes à diretoria catalã, mas nenhum deles foi atendido. A negociação com Paulinho virou novela, Lucas Lima não deve chegar mais, Gabriel Jesus optou pelo Manchester City e o clube decidiu não acionar a cláusula de prioridade para levar Gabigol. 

 

Família

 

O Sport afirma também que há uma pressão da própria família do craque para que ele mude de ares e busque se tornar o melhor do mundo. No Barça, Neymar só ficou entre os três melhores uma vez, apesar dos 10 títulos que já tem com a camisa do time espanhol.

 

Neymar teria a sensação de que precisa de uma mudança, uma "injeção de adrenalina", um novo cenário para dar o salto que todos esperam dele: o de se tornar o melhor do mundo.

 

Posicionamento

 

A posição de Neymar no Barcelona também não agrada o craque. Desde que chegou, o camisa 11 costuma ocupar a faixa esquerda do campo, tendo que acompanhar o lateral adversário na hora de defender. 

 

O diário acredita que Neymar gosta mais de jogar centralizado, flutuando pelos dois lados, e que esta função lhe dá mais protagonismo nas equipes. A base desse argumento é a seleção brasileira - por lá, ele joga mais solto e é o principal criador de jogadas do time de Tite.

 

Problemas com a Justiça Espanhola

 

Desde que chegou à Espanha, Neymar vive sob investigações e capas de jornal que denigrem sua imagem por causa da negociação polêmica entre Santos e Barcelona. Segundo o jornal, o jogador e seu pai acreditam que uma mudança de país acabaria com todo o ambiente desfavorável fora dos gramados.

 

Novo técnico

 

O Sport diz que Ernesto Valverde, novo técnico do Barcelona, não gera animosidade em Neymar, mas também não o deixa confiante em permanecer na Catalunha. O ex-treinador do Athletic Bilbao não tem força para convencer o brasileiro a ficar, ao contrário de Sampaoli, treinador argentino que concorria ao cargo e de quem, segundo a publicação, Neymar mantém uma forte amizade. 


Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.