25 de julho de 2017

Hernanes vê qualidade no elenco do SP e pede tempo para o time encaixar

Bruno Grossi/UOL Hernanes foi apresentado oficialmente no São Paulo

Bruno Grossi e José Eduardo Martins 
Do UOL, em São Paulo (SP) 25/07/2017 - 13h29

O momento do São Paulo pode não ser o esperado. Mesmo assim, Hernanes mostrou otimismo em sua apresentação oficial no Tricolor nesta terça-feira (25), no CT da Barra Funda. O jogador, que assinou empréstimo de um ano com o clube, fez questão de destacar a qualidade da equipe e já vislumbrou dias melhores na competição nacional. 

"Tem elenco, tem qualidade, mas o futebol tem vários fatores que determinam os resultados. Passei por times na minha carreira que tinham isso. Na Inter de Milão, era um grande time que não dava liga. Não adianta só ter grandes nomes, eles precisam se encaixar. Isso requer tempo. O São Paulo já mudou bastante neste ano, então é difícil que os grandes jogadores consigam mostrar isso em conjunto. Tem que ser trabalhado e dar tempo para acontecer", disse Hernanes, que destacou a importância do apoio do torcedores nesta fase.

"Na verdade, não é a primeira vez. Sempre que vamos começar o campeonato, o pensamento é não ser rebaixado. Sempre penso assim na carreira. Quando vamos conquistando os pontos, vou traçando outros objetivos. Ainda tem muito tempo e qualidade no elenco, e se pode ver que há trabalho para acontecer. A reação de espírito e coração, torcedor junto, é algo que está se materializando." 

O São Paulo empatou com o Grêmio por 1 a 1 nesta segunda (24), no Morumbi. No sábado, a equipe volta a jogar contra o Botafogo, no Rio de Janeiro. Hernanes se coloca à disposição do treinador Dorival Júnior para fazer a sua estreia.

"Acredito que estou pronto. Estava treinando normalmente na China. Faz um ano e meio que não perco um treinamento, nem por problema físico. Todos os dias presente. Ritmo talvez falte, mas pronto. Quem vai dizer é o tapete verde. A gente pensa, mas é lá no tapete que define. Vamos ver os treinos para ver o que o Dorival vai decidir. Nos objetivos, me ponho no direito de tê-los secretamente, como sempre fiz. Só quando vem a inspiração eu declaro as coisas. Prefiro sonhar e planejar em segredo", disse Hernanes. 

O meio campista despontou nas categorias de base do São Paulo. Após participar da conquista dos títulos do Brasileiro de 2007 e 2008, ele foi negociado com a Lazio, da Itália, em 2010. Ainda teve passagens pela  Inter de Milão (2010 a 2014), Juventus (2015 e 2017) e Hebei Fortune, da China (2017).

"Costumo dizer que a nossa vida de jogador é uma sucessiva sucessão de sucessões que se sucedem sucessivamente (risos). Nos meus planos, a ideia não era retornar agora. Tínhamos alguns contatos, mas desde janeiro mudei, dei o sinal verde de poder voltar. Em janeiro não deu certo, agora teve de novo a oportunidade e eu nem pensei muito. Até porque a janela estava fechando. Tentei ser coerente com uma decisão que tomei há seis meses. Aconteceu, foi de coração. Não pensei na situação do time. A porta se abriu e eu disse sim, não tem muitos porquês, é mais coração", disse Hernanes.

O São Paulo ocupa a 18ª posição do Campeonato Brasileiro, com apenas 16 pontos somados em 16 partidas. A situação também do clube, que está na zona de rebaixamento, sensibilizou o jogador.

"Tenho que ser sincero que não acompanhava de perto esses últimos jogos, por causa do fuso na China. Era só a classificação, tabela. Quando vi o time chegando perto da zona de rebaixamento, quando entrou, pensava que não era o lugar do São Paulo. Isso mexeu comigo. O objetivo do momento, a curto prazo, é sair da zona de rebaixamento. Não tem que pensar em outra coisa a não ser isso", afirmou Hernanes, que pode ser utilizado mais avançado, na armação das jogadas.

"Quando comecei, era o 3-5-2 com dois volantes fixos, mas ao longo dos anos eu fui avançando, éramos dois meias. A quantidade de gols que comecei a fazer cresceu demais por jogar mais avançado. A posição mais ofensiva que joguei foi na Lazio, quase como um atacante, e depois na Inter voltei a fazer essa função. Percebi que jogando mais à frente da posição que iniciei e fiz na Juventus, poderia fazer e contribuir mais com finalizações e gols. Ainda não conversei com Dorival, mas vamos falar e encontrar a melhor solução", disse Hernanes.

Durante a apresentação, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, lamentou a morte de Waldir Peres, no domingo (23). O goleiro, que defendeu o clube entre 1973 e 1984. Pelo Tricolor, o arqueiro disputou 617 jogos – sendo aquele que mais vestiu a camisa do clube até ser superado por Rogério Ceni.

"Começo com uma menção de tristeza pelo falecimento de Waldir Peres, que honrou nossa camisa tendo sido aquele que a vestiu por um número excepcional de jogos, só inferior ao de Ceni. Um homem que conquistou três títulos paulistas e um brasileiro e cuja morte prematura nos entristece muito", disse Leco.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

A loja mais completa e o crediário mais fácil da cidade.

A loja mais completa e o crediário mais fácil da cidade.
Vem pro Chora!

Pedidos On Line

Pedidos On Line

RIFÃO

RIFÃO
Mil reais Compra chora Pra Vender Fiado 1 ano de academia 1 Jantar a dois no shushiburger 1 Pct redução de medidas (5 sessoes massagem modeladora) Companhia de Estética e Beleza Magras 1 look Ele&Ela 1 ano academia SuarFit 1 combo suplementos Farma Norte (Cafeina, BCCA e Whey) 1 pacote cilios fio a fio natural +design de sobrancelhas completo + depilação: buço+axilas (Espaço beleza Joyce Nascimento) 1 Bronzeamento (Joyce Bronzeamento)

Vem pro Mundo das Delícias!

Vem pro Mundo das Delícias!
#LorinhoPizzaeSorvete PizzaDelivery: (97)9 8117-4097 (97) 9 8408-8097 (97) 9 8127-2257 (97) 9 9164-3178 3561-9474 97 8117-4097 (Whatsapp)