Header Ads

Polícia Civil prende 82 pessoas e apreende 11 adolescentes durante operação deflagrada ao longo desta semana, na capital

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Geraldo Eloi, divulgou na manhã desta sexta-feira, dia 31, durante coletiva de imprensa realizada às 10h, no prédio da Delegacia Geral, o balanço da operação "Capital Segura 2", deflagrada ao longo desta semana, em todas as zonas de Manaus. Durante os trabalhos, 79 pessoas foram presas em cumprimento a mandados de prisão preventiva, 11 adolescentes foram apreendidos em observância a mandados de busca e apreensão por crimes distintos e três homens foram presos, em flagrante, por tráfico de drogas.

Participaram da operação policiais civis lotados nas seis Seccionais de Manaus, nos 30 Distritos Integrados de Polícia (DIPs) da capital, Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP), Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) e Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM).

Do total de pessoas presas e apreendias ao longo da ação, iniciada na última segunda-feira, dia 27, e concluída na manhã de hoje, dia 31, 21 estavam sendo procuradas por envolvimento em roubos, 19 por homicídios, 16 por tráfico de drogas, seis por estupros de vulneráveis, quatro por homicídios tentados e 24 por outros crimes, como furto, estelionato, porte ilegal de arma de fogo, citando alguns. Dentre os 79 presos, sete são do sexo feminino.

No momento da coletiva de imprensa o diretor do DPM destacou o propósito da segunda fase da operação. "Iniciada na última segunda-feira, dia 27, teve por objetivo retirar de circulação pessoas que praticaram crimes significativos, como homicídios, roubos, furtos e estupros, por exemplo, e que estavam com mandados de prisão em aberto. Nosso intuito é poder proporcionar mais tranquilidade e sensação de segurança à sociedade manauara, com as prisões dessas pessoas", argumentou o delegado Geraldo Eloi.

Mandados por zonas - A autoridade policial informou que o levantamento dos mandados foi realizado pela equipe da DECP, responsável pela triagem das ordens judiciais expedidas ao longo de 2015, 2016 e 2017. "Após esse trabalho, os mandados foram separados por zonas e distribuídos às seis Seccionais da cidade, que repassaram aos respectivos DIPs das áreas. As equipes também programaram para a manhã de hoje incursões para o cumprimento de três mandados de busca e apreensão, que resultaram em três prisões em flagrante por tráfico de drogas", explicou o diretor do DPM.

Após os procedimentos legais, 66 homens serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) e seis ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). As sete mulheres serão conduzidas ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF) e os 11 adolescentes foram levados à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). Os três homens presos em flagrante por tráfico de drogas serão encaminhados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona Sul da cidade.

Prisões em flagrante - No início da tarde de ontem, dia 30, por volta de meio-dia, Reginaldo Pereira dos Santos, 22, conhecido como "Juju", e Silvio José Oliveiro de Araújo, 24, foram presos por envolvimento com o tráfico de drogas na zona Leste da cidade. Conforme os policiais civis que atuam no 4º DIP, Reginaldo foi interceptado após ser denunciado por violência doméstica. Durante oitiva o infrator confessou que guardava drogas em um terreno baldio, localizado na Rua Agrestina, Comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, na zona Leste. Ao chegarem no local, os policiais encontraram 150 gramas de pasta base de cocaína.

Silvio foi preso após o recebimento de denúncias anônimas relatando movimentação suspeita no beco Mossoró, também na Comunidade Grande Vitória. Após monitorar o endereço indicado, a equipe do 4º DIP percebeu a veracidade da delação e ontem conseguiu interceptar o infrator. Com ele os policiais civis apreenderam, aproximadamente, 20 trouxinhas de maconha do tipo skunk e R$ 75 em espécie.

Na manhã desta sexta-feira, por volta das 7h, a equipe do 7º DIP prendeu Alexandre Guimarães Oliveira da Silva, 23, conhecido como "Maclau". O infrator foi interceptado na residência onde morava, situada no beco Salustiano, bairro Crespo, zona Sul. No imóvel os policiais civis apreenderam 15 trouxinhas de substâncias entorpecentes com aspecto de cocaína em pó, além de R$ 180 em espécie.

  

FOTOS: ERLON RODRIGUES/PC-AM

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.