17 de abril de 2017

Míssil balístico da Coreia do Norte será capaz de atingir EUA em breve


KNS / KCNA / AFP

Opinião:07:28 17.04.2017

Atualmente, a indústria da Defesa da Coreia do Norte possui potencial suficiente para que, nos próximos cinco-seis anos, seja produzido míssil balístico intercontinental capaz de atingir o território dos EUA, declarou na segunda-feira (17) à Sputnik o presidente da Academia de Problemas geopolíticos, Konstantin Sivkov.

No último fim de semana, em Pyongyang foi realizado um desfile militar em homenagem ao 105º aniversário de Kim Il-sung, fundador do Estado norte-coreano e avô do atual líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, que contou com a participação de autoridades norte-coreanas e cerca de 200 jornalistas estrangeiros, que foram convidados especialmente para o evento.
Além disso, na praça central do país de Kim Il-sung, foram demonstrados vários novos tipos de equipamentos militares, incluindo os mais novos mísseis em fase de elaboração.
"O programa de mísseis da Coreia do Norte é bastante desenvolvido — Pyongyang já possui mísseis de milhares de quilômetros de alcance. Acredito que para criar um verdadeiro míssil balístico intercontinental, que possa atingir o território dos EUA, Coreia do Norte precisará de cerca de cinco ou seis anos", sugere Sivkov.
Além disso, o especialista destacou que a capacidade da Coreia do Norte de efetuar tais elaborações é confirmada pelo programa espacial bem-sucedido do país.
"Se hoje a Coreia do Norte é capaz de lançar seus satélites à baixa órbita terrestre, então a criação de míssil balístico intercontinental também é possível. Há problemas específicos, mas a criação do mesmo é possível", concluiu o especialista militar.
Desde 2006, o Conselho de Segurança da ONU já autorizou seis resoluções sobre a Coreia do norte para que Pyongyang interrompa suas elaborações nucleares e de mísseis. As últimas duas — 2270 e 2321 — foram aprovadas em 2016 e endureceram significativamente as sanções contra Pyongyang, incluindo medidas na área do comércio, exportação de minerais, compra de armamento e no setor bancário.
Pessoas carregam bandeiras em frente dos monumentos de Kim Il-sung e Kim Jong-il durante a parada militar comemorativa dem 15 de abril de 2017
© REUTERS/ DAMIR SAGOLJ
Pessoas carregam bandeiras em frente dos monumentos de Kim Il-sung e Kim Jong-il durante a parada militar comemorativa dem 15 de abril de 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.