Header Ads

Globo obriga jornalistas a trabalharem para a TV paga e gera revolta

27/04/2017


João Almeida




Repórter Rodrigo Carvalho. Foto – reprodução/TV Globo.




Uma nova determinação do diretor-geral de jornalismo da Globo, Ali Kamel, tem deixado muitos repórteres da Globo e Globo News de cabelo em pé.





É que, segundo o “decreto” baixado por Kamel, todo repórter e correspondente da emissora carioca deverá produzir também para o canal pago GloboNews. E vice-versa.


Tal medida foi comunicada aos profissionais via e-mail interno. E o óbvio aconteceu: vários jornalistas, principalmente os veteranos, reclamaram para os mais próximos, inclusive colegas e chefes imediatos.


Eles alegaram que vão ter que trabalhar mais sem ganhar nada a mais por isso e que ficarão mais tempo nas transmissões ao vivo. Além disso, eventualmente, terão que fazer duas versões de uma mesma reportagem, para a Globo e para a emissora fechada de notícias do mesmo grupo, o que pode precarizar a produção.


Ao que parece, os que mais reclamaram de tal novidade jornalística foram Ilze Scamparini, de Roma, e Rodrigo Alvarez, de Berlim. Eles também não participaram da cobertura das últimas eleições da França, no domingo passado.


Vale dizer que, em mais de cinco anos, nenhum repórter da GloboNews participava do SPTV 1ª Edição, mas esse regime foi quebrado na última terça, quando Mitchel Diniz falou sobre roubo de motos em São Paulo.


Procurada, a Globo alegou que “a integração e participação dos correspondentes nos dois canais não é recente” e também que “é inclusive pedida pelos jornalistas”.


O canal negou uma possível turbulência com Ilze Scamparini e Rodrigo Alvarez, que teriam inclusive, por-email, lamentado “não terem conseguido entrar (na GloboNews) por questões internas”.


Outra curiosidade gerada a partir dessa nova regra no departamento de jornalismo foi a participação, na última quinta-feira, 20, do repórter Rodrigo Carvalho no Jornal Nacional, falando sobre o tiroteio ocorrido na avenida Champs Elysees, em Paris.


Ele voltou a aparecer na Globo no domingo, no Fantástico, cobrindo as eleições da França.

Repórter Mitchel Diniz. Foto – reprodução/TV Globo.




Com informações do site Notícias da TV.

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.