Header Ads

Amazonense é ouro no World Professional Jiu-Jítsu e conquista uma das categorias mais importantes da competição internacional

O nome do amazonense Gabriel Moraes ficou cravado no World Professional Jiu-Jítsu nesta sexta-feira, dia 21. Nos Emirados Árabes, o faixa preta venceu a categoria Master I, 62Kg, e além da medalha e ouro que estampa o rosto do sheik Mohammed bin Zayed, ainda faturou mais de 15 mil reais em premiação. Para ir à competição, o casca grossa contou com o apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), e Ministério do Esporte.

O lutador, desde o início, era bastante cotado para ocupar o pódio. Isso porque, além de estar entre os melhores do ranking, Gabriel já é conhecido do World Professional. Ano passado, pela mesma categoria, ele também reinou e se sagrou campeão, após finalizar as duas primeiras lutas e ganhar a final por pontos. Ainda mais temido este ano pelos adversários, o amazonense foi ágil e sábio em cada jogo, mostrando uma Arte Suave aprimorada, resultado de quase 20 anos de esporte.

No primeiro combate, Gabriel venceu o americano Rene Lopez por vantagem e, na final, ele atropelou o brasileiro Jorge Santos com sinistros 11 pontos a 0. "Devido a minha pontuação no ranking, eu não precisei fazer ontem (quinta) a classificatória do evento e na primeira luta enfrentei o Rener, um atleta muito bom, onde teve que prevalecer a estratégia. Na decisão, consegui impor meu ritmo e deu certo", destacou o campeão.

Prestes a dar um 'até logo' para Abu Dhabi, Gabriel Moraes conta que para o World Pro investiu durante três meses num treino específico, onde prevaleceu o drill (treinamento de movimentação e finalização), e o físico, algo em torno de seis horas por dia, 36 horas por semana. Além disso, afirmou que já tem em mente os próximos desafios no tatame, como o Grand Slam da Califórnia, e se revela um atleta planejado, principalmente quando o assunto é financeiro.

"Não é somente no esporte que a gente deve entender o adversário e se planejar. Por isso, em relação a premiação, vou analisar maneiras que possam fazer esse dinheiro render. Penso sempre no amanhã. E por falar nisso, agora já é hora de focar numa próxima competição, que é o Grand Slam Internacional, o qual eu tambem pretendo vencer. Quanto ao World Pro,ano que vem estarei novamente aqui, se Deus quiser", disse Moraes, seguro de seu talento e aperfeiçoamento.

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.