Header Ads

Policiais da SSP-AM prendem grupo envolvido em tentativa de latrocínio à policial militar, entre eles dois foragidos

Policiais da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) prenderam, na noite de sábado (17), seis homens, entre eles dois foragidos do Sistema Prisional, no bairro Lagoa Azul, zona Norte, num carro modelo Gol. Eles foram presos durante a realização da operação Catraca, que está em sua segunda semana de atuação e continuará por tempo indeterminado.
Os presos são: Wanderson Fabrício da Silva de Lima (23), Luan Tavares dos Santos (19), foragidos do Instituto Prisional Antônio Trindade (Ipat) no dia 1° de janeiro, Leandro dos Santos e Santos (37), Arildo Azevedo Salvador (32), Leonardo Sales da Silva (22), e Aluízio Alves da Silva Júnior (21).

A tentativa de latrocínio ao policial militar Jeandresson Ferreira de Araújo, do Batalhão de Guarda, aconteceu na noite de ontem, no Nova Cidade. Wanderson, Luan, Leandro, Arildo e Leonardo são suspeitos de roubarem o veículo  e atirarem contra o PM. Ele foi conduzido ao Hospital Delfina Aziz, e seu estado é estável. O veículo roubado foi abandonado em seguida no Tarumã.
Com o grupo, foram apreendidos uma pistola PT 40', do policial militar, 30 munições 40', e três carregadores PT 40'.
O secretário executivo-adjunto de Operações Integradas da SSP-AM, Orlando Amaral, explicou que os primeiros cinco suspeitos foram abordados em  veículo Gol. "Fizemos a consulta na placa do veículo e identificamos que estava registrado num endereço no Nova Cidade, daí saímos em diligência para o local. Lá encontramos o Aluízio, proprietário do veículo, que disse que tinha alugado seu carro pra outra pessoa, não encontrada", explicou.
Na residência de Aluízio, os policiais apreenderam um veículo modelo Fiesta e uma motocicleta Honda sem placas, ambos com restrição de roubo, e ainda uma pequena porção de entorpecentes.
De acordo com investigações preliminares, Wanderson Fabrício foi o autor do disparo que atingiu o PM, e Aluízio Júnior é primo de 3° grau da esposa do militar. Os presos foram reconhecidos pela esposa da vítima como autores da tentativa de latrocínio ao policial militar, e foram encaminhados ao 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram autuados em flagrante.
Wanderson Fabrício da Silva de Lima, Luan Tavares dos Santos (19), Leandro dos Santos e Santos, Arildo Azevedo Salvador e Leonardo Sales da Silva responderão por Latrocínio Tentado e Associação Criminosa, e Aluizio Alves da Silva Júnior, proprietário do Gol, por associação criminosa, tráfico de drogas e receptação.
Os veículos de modelo Gol e Fiesta e a motocicleta foram apreendidos e ficarão à disposição da Justiça. O carro foi devolvido ao PM e arma, carregadores e munições encaminhada à Perícia.
A segunda fase da Operação Catraca contou com a participação de policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam).

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.