14 de março de 2017

Nomes revelados... A classe política representada

Lava Jato Nova lista de Janot tem Dilma, Lula e cinco ministros

Procuradoria-geral da República pediu a abertura de 83 inquéritos contra parlamentares e ministros citados na megadelação da Odebrecht
Na nova lista de alvos da Operação Lava Jato com direito a foro privilegiado, enviada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira, estão presentes pelo menos cinco ministros do governo do presidente Michel Temer. São eles: Eliseu Padilha (PMDB), da Casa Civil; Moreira Franco (PMDB), da Secretaria-Geral da Presidência; Gilberto Kassab (PSD), das Comunicações; Bruno Araújo (PSDB), das Cidades; e Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), das Relações Exteriores.
O pacote inclui ainda parlamentares de peso, como os presidentes do Senado e da Câmara, Eunício Oliveira (PMDB) e Rodrigo Maia (DEM), respectivamente. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, também são relacionados os senadores Romero Jucá, Renan Calheiros e Edison Lobão, do PMDB; Aécio Neves e José Serra, do PSDB.
Além deles, também constam os nomes dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva e dos ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega, que não têm direito à prerrogativa de foro e cujos casos devem ser remetidos à primeira instância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.