28 de março de 2017

AAM repudia ameaça contra vida do prefeito de Eirunepé

A Associação Amazonense de Municípios (AAM), divulgou nota oficial de repúdio contra a ameaça de morte registrada na delegacia local pelo prefeito do município de Eirunepé (a 1.160 Km de Manaus), Raylan Barroso, no último final de semana.

Segundo o boletim de ocorrência, o vereador do município, José Antilde, teria declarado em via pública, que daria "um tiro na cara dele (Raylan)", se este fechasse alguma de suas farmácias.

A ameaça, segundo relato de testemunhas, foi motivada após a Prefeitura de Eirunepé enviar para os proprietários de farmácias e drogarias que funcionam na zona urbana do município, ofício no qual estabelece o prazo de 30 dias para contratação de farmacêuticos habilitados para trabalhar no atendimento de seus clientes, como determina o artigo 5º, da Lei 13.021/2014.

Todas as 15 farmácias em funcionamento na cidade – três são propriedade do vereador Antilde – foram notificadas, atendendo requerimento enviado em fevereiro deste ano pela Procuradoria Geral da República no Amazonas à Prefeitura, sob pena de fechar no prazo de 30 dias caso não cumpram a determinação.     

"O prefeito Raylan está cumprindo uma determinação direta da Procuradoria da República no Estado, em obediência à uma Lei Federal. A Associação Amazonense de Municípios, não pode e nem vai aceitar que este, ou qualquer outra razão seja motivo para intimidar, ameaçar ou até mesmo matar um prefeito, ou qualquer outra pessoa, na defesa e execução do que determina a Lei", afirmou João Campelo.

Na última segunda-feira (27), o prefeito Raylan Barroso, embarcou para Brasília onde foi denunciar o caso no Ministério da Justiça e na Polícia Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.