18 de fevereiro de 2017

QUEM É O PAI DA PONTE DO PÊRA EM COARI?


Só foi o governador José Melo sair de Coari, após inaugurar a tão falada Ponte do Pêra, que as polêmicas começaram.  Polêmica em torno de qual era o nome do prefeito a estar na placa inaugural da ponte uma vez que havia uma placa com o nome do ex-prefeito Raimundo Magalhães e do governador José Melo desde o final de 2016, quando a SEINFRA autorizou a liberação da ponte para pedestres e veículos. Esta semana,  com a presença do governador José Melo em Coari  uma nova placa foi confeccionada,  com o nome do atual prefeito Adail Filho,  que assumiu o município já quando a Ponte do Pêra estava liberada para o trânsito.
Talciney Cunha,  coariense declarou em uma rede social: "Também nunca me agradei com o Arnaldo e o Magalhães... Agora convenhamos. Essa atitude do Adail José, não foi republicana, foi uma coisa surreal, falta de coerência, falta de idoneidade. Ele não tem nada haver com essa obra. O Arnaldo e Magalhães que trabalharam.  O Adail gasta só 150 reais numa placa de alumínio. E já é o cara da obra?".
Irene Gonçalves brincou após postar as placas com nomes de Adail Filho e Magalhães separadas: "Está  faltando a placa do Arnaldo também!"Outros internautas alegaram o fato de não ter iluminação na ponte e por isso foi realizada outra inauguração.
Histórico
A Ponte do Pêra faz parte da história de Coari e do folclore coariense. Cantada em história de cordel,  transformada em gozação,  presente nos meios de comunicação e aguardada por décadas,  até ser entregue de fato neste mês pelo governador José Melo.
Muitos prefeitos passaram sem que a ponte fosse construída,  mesmo sendo promessa de campanha buscar o recurso junto ao governo do Estado.
O projeto surgiu na gestão do ex-prefeito Adail Pinheiro, a cabeceira da ponte foi aterrada na gestão do ex-prefeito Arnaldo Mitouso, as pedras fundamentais foram postas no início do terceiro mandato de Adail Pinheiro e a ponte foi efetivamente construída na gestão de Raimundo Magalhães que com autorização do governo do Estado liberou a utilização da ponte no mês de outubro de 2016 com placa inaugural e recentemente,  em fevereiro de 2017, o governador veio pessoalmente para inaugurar a ponte do Pêra oficialmente,  já na gestão do prefeito Adail Filho.
Polêmicas à parte
Polêmicas à parte,  o mais importante é dizer que o governador José Melo foi realmente o governador que fez a Ponte do Pêra sair do imaginário popular e virar realidade.  O sofrimento do povo que morava no Pêra para atravessar a ponte acabou e novas possibilidades se abrem para um porto de grande calado no Rio Solimões.
Quanto a quem é o pai da ponte na administração municipal? Os coarienses continuarão no campo da polêmica,  uma vez que o município é dividido politicamente e ninguém vai dobrar o braço do outro.  Cada um puxa a sardinha pra sua brasa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.