Header Ads

Polícia Civil deflagra operação para combater a criminalidade nas zonas oeste e centro-oeste da capital

A Polícia Civil do Amazonas, por meio de servidores lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e na Assessoria Jurídica da Delegacia Geral, sob o comando da delegada Tamara Albano, diretora adjunta do Denarc, deflagrou na noite de quarta-feira, dia 18, nas zonas oeste e centro-oeste da capital, operação policial com o objetivo de reforçar a  segurança da população, coibir práticas criminosas e intensificar o trabalho ostensivo nas ruas de Manaus.

A ação seguiu pela madrugada desta quinta-feira, dia 19, e contou, ainda, com a participação de integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), a equipe de elite da Polícia Civil do Estado. Ao longo da operação os policiais civis realizaram incursões em ruas e becos, além de vistorias em bares de bairros como Alvorada, Nova Esperança, Lírio do Vale, Dom Pedro, Ponta Negra, Compensa e São Jorge. Nestes locais foram feitas revistas a pedestres e condutores de veículos, bem como a fiscalização de automóveis.

 

De acordo com a diretora adjunta do Denarc, esta é a terceira semana consecutiva de trabalhos desempenhados pelos servidores da instituição, em atendimento à determinação feita pelo secretário de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), Sérgio Fontes, com o intuito de inibir a criminalidade em toda a capital.

"Iniciamos mais uma semana de trabalho ostensivo, reunindo policiais civis lotados em distintas unidades da capital, incluindo os que atuam na parte administrativa da Delegacia Geral. A ação de hoje abrangeu as zonas oeste e centro-oeste, mas os trabalhos estão contemplando as demais zonas da cidade, como norte, sul, centro-sul e leste. Queremos reforçar a presença da Policia Civil nas ruas de toda a cidade e levar tranquilidade à população", afirmou Albano.

Recaptura de foragidos - A delegada ressaltou que, além de ter a finalidade de restabelecer a sensação de segurança à sociedade manauense, a operação visa também recapturar os fugitivos do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). "Uma coisa não anula outra. Nosso objetivo principal é a segurança da população. No entanto, as equipes estão com a relação de todos os foragidos do Ipat e Compaj, caso, no decorrer das atividades, consigamos identificar esses fugitivos para tirarmos esses indivíduos de circulação", informou.

Tamara destacou que, ao longo das incursões, foi notado que a cidade estava sem grandes movimentações nas últimas horas da noite e que, por conta disso, tudo ocorreu tranquilamente, sem alterações. "Durante as incursões noturnas não identificamos nada fora da normalidade. O importante é a sensação de segurança proporcionada à população", finalizou a delegada.

Policiamento ostensivo - Policiais civis lotados em distintas unidades da capital e setores administrativos da instituição foram convocados nos últimos dias pelo delegado-geral para reforçarem os trabalhos que estão sendo adotados pela SSP-AM no sentido de conter a criminalidade na capital, após a fuga de detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), no dia 1º deste mês.

A medida, segundo o delegado-geral, Francisco Sobrinho, visa assegurar a segurança da população e retirar os fugitivos de circulação. Desde o último dia 6 de janeiro o trabalho ostensivo em distintas zonas da capital vem sendo realizado de forma ininterrupta por policias civis. As ações contam, ainda, com a participação de servidores lotados nos demais órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública no Amazonas.

FOTOS: SÉRGIO AUGUSTO FERREIRA/PC-AM

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.