PREFEITO DE MARAÃ É PRESO EM TEFÉ

Principal suspeito de ser o mandante do assassinato do ex-prefeito Cícero Lopes,  Magno foi preso em Tefé na tarde desta quarta-feira (21).

Na foto,  irmão do prefeito assassinado, de camisa vermelha listrada que mora em Tefé, acompanha a prisão do suspeito de ser o mandante do crime. 

Magno encontra-se preso na delegacia da Polícia Civil, de Tefé, mas será transferido para Manaus ainda na tarde de hoje. Magno foi preso por dois policiais e um delegado da Polícia Civil e também com a participação da Polícia Militar.

A decisão judicial que determinou a prisão de Luiz Magno foi assinada pela desembargadora Carla Reis. Luiz Magno, que foi afastado do cargo pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) no início deste mês, é acusado de participar da morte de Cícero Lopes (Pros), então prefeito do município, asassinado a tiros em 28 de fevereiro deste ano.

Fatos novos, recentemente revelados podem ter levado a prisão do prefeito. Os esclarecimentos sobre a prisão do prefeito de Maraã serão dados em uma entrevista coletiva que será dada a imprensa amazonense amanhã.

Segundo o Jornal A Crítica Aldemir Alves de Freitas, Lázaro Moraes de Assis e Marcos Aleksandro Praiano da Silva - primo do vice-prefeito - foram presos em março por suspeita de cometerem o crime, mas desde o começo das investigações a família de Cícero Lopes suspeitava do envolvimento de Luiz Magno, com quem o então prefeito havia rompido politicamente. Na época, ele chegou a receber segurança da Polícia Militar, pois houve temor de uma reação popular contra ele.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ANTES DE ROUBAR COMÉRCIO FORAM PRESOS EM COARI

ELE APONTAVA ARMA NA CABEÇA DE CRIANÇAS PARA CONSEGUIR O QUE QUERIA NOS ASSALTOS QUE FAZIA

DE COARI, EM MANAUS ELE MATOU OS PATRÕES À MACHADADAS