18 de dezembro de 2016

Com título para o Brasil, final da Copa Caixa foi marcada pela organização e segurança

Obter o Outlook para Android

Em clima de festa pela vitória de 5 a 3 sobre a Itália e o título da Seleção Brasileira, a final da Copa Caixa Internacional de Seleções de Futebol Feminino também foi marcada pela tranquilidade neste domingo, dia 18 de dezembro. Nenhuma ocorrência grave foi registrada pelo Centro Integrado de Comando e Controle instalado na Arena da Amazônia pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP), do Governo do Amazonas. A final teve rodada dupla com a disputa pelo terceiro lugar em que a seleção da Rússia venceu a Costa Rica por 1 a 0.

 

O público registrado na Arena da Amazônia foi de quase 8 mil pessoas que foram prestigiar a final do torneio internacional e a despedida da meia Formiga, encerrando sua participação em jogos pela seleção brasileira.

 

De acordo com o comandante das operações, major Orleilson Muniz, a estrutura de segurança trazida em todos os jogos foi semelhante ao que foi feito nos Jogos Olímpicos. "Aqui nós temos Policia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, inclusive com uma delegacia dentro da Arena, além dos órgãos que são transversais à questão de segurança, como os de saúde, energia, vigilância sanitárias entre outros. Então, é um conjunto que faz com que o evento se torne saudável e seguro", disse o major, ao ressaltar que, desde o dia 3 de dezembro, quando chegaram as primeiras seleções, até a final, não teve ocorrência que comprometesse a segurança da operação.

 

O esquema de segurança foi elogiado pelo público, que enfrentou uma chuva torrencial, mas não arredou o pé do estádio. O casal Edevaldo e Vânia Guerra levou as filhas Sofia, de quatro anos, e Analú, de dois, para assistir à final e elogiou o esquema de segurança. "Muito boa a organização, a gente pôde trazer as crianças em segurança, aliás, neste quesito, dou nota dez", disse Vânia, que também levou as pequenas para prestigiar outros jogos do torneio e até os treinos.

 

Legado - O secretário Estadual de Esporte e Lazer, Fabrício Lima, ressaltou o fato de a Arena da Amazônia estar recebendo a primeira final de uma competição internacional. Segundo ele, é a prova de que o espaço é um grande legado da Copa do Mundo para o Amazonas e também um cartão postal da Amazônia.

 

"Eu acredito que o governador José Melo deu uma outra cara para a Arena da Amazônia. O que era chamado 'elefante branco' virou um cartão postal da Amazônia, um cartão postal para o mundo. Uma arena que dá exemplo às outras, no momento que ela é utilizada de maneira multiuso. Foram grandes jogos, grandes eventos aqui na arena. Nós estamos num grande torneio internacional e é a primeira vez que Arena recebe uma final de um torneio internacional. Então, nós estamos fazendo história no dia de hoje", disse Fabrício, ao lembrar que a próxima competição da Arena será o Torneio Internacional de Futebol Americano, dia 22.

 

"Eu não tenho dúvida de que no próximo dia 22 nós somos tema da  imprensa internacional. Nas transmissões do último jogo de Futebol Americano foi comentando que a Arena da Amazônia iria abrir suas portas para um jogo de Futebol Americano. Então, o governador deu um show de ousadia e responsabilidade e recriou uma arena que até pouco tempo não era vista com bons olhos e hoje é referencia pro Brasil", completou.

FOTOS: BRUNO ZANARDO/SECOM



Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.