Header Ads

Navio M/S Sirena abre a temporada 2016/2017 de cruzeiros no Amazonas

O navio M/S Sirena abriu nesta sexta-feira, 11 de novembro, a temporada 2016/2017 de cruzeiros na Amazônia, trazendo a bordo 1,2 mil turistas americanos e canadenses que vão passar dois dias na região para conhecer as belezas naturais e históricas do Amazonas. O Sirena é o primeiro dos 20 navios aguardados nessa temporada que deve atrair 24 mil turistas, até junho do próximo ano, para a capital amazonense, e movimentar mais de R$ 40 milhões na economia amazonense.

 

Os turistas desembarcaram na expectativa de conhecer as belezas naturais e históricas da Amazônia. Em Manaus pela primeira vez, o biólogo Edward Cattell, do Triângulo das Bermudas, disse estar ansioso para conhecer a arquitetura da cidade e a flora amazônica. "Foi uma viagem fantástica até aqui. Nunca tinha estado aqui antes. Sou biólogo, quero conhecer plantas, ver a vitória régia e a vida selvagem. Na cidade quero conhecer a arquitetura e comprar três redes", falou.

 

O navio M/S Sirena vai ficar até esse sábado, dia 12, em Manaus, e deve percorrer o município de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), de onde segue depois para a cidade de Miami (EUA). Conforme a Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), até dezembro devem chegar mais cinco navios na capital. já está em operação o planejamento das ações de segurança e receptividade para garantir a comodidade dos visitantes na Amazônia. 

 

"Vamos trabalhar nesse período para atender de forma hospitaleira e profissional esses turistas. E o nosso papel é oferecer o mesmo tratamento que gostaríamos de receber em qualquer outro lugar do mundo. Todos os órgãos estão empenhados para fazer o melhor para os turistas que vão conhecer nossa região e ajudar, inclusive, em diversos setores da nossa economia", disse Luciana Vieira, gerente de fiscalização de serviços turístico da Amazonastur 

 

Segurança - A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), que vai atuar nesse período com mais de 300 servidores dos órgãos de segurança, já ativou o Sistema de Comando e Controle (CICC) nos diversos pontos de interesse e de maior trafegabilidade dos turistas em Manaus. Entre os locais para esse monitoramento estão os pontos turísticos da capital, como o Teatro Amazonas, o Mercado Municipal Adolfo Lisboa, o Porto de Manaus, entre outros. O espectro de segurança compreende o setor aéreo, terrestre e fluvial. 

 

Cultura – Até junho, o Amazonas vai receber, com os cruzeiros, 24 mil turistas. 
Um dos locais a serem mais visitados está, obviamente, o Teatro Amazonas, que é o símbolo maior da capital e que está completando 120 anos e tem uma programação especial por conta da data. Neste sentido, a Secretaria de Estado de Cultura, aumentou a equipe para atender os turistas que forem ao local. Conforme informações da bilheteria do Teatro, já houve aumento de procura por ingressos das variadas trações culturais da casa, até por conta do fluxo de turistas estrangeiros que já estão em Manaus.

 

A Secretaria de Cultura está incluída entre os órgãos estaduais que atuam de forma integrada para receber os turistas que visitarão a cidade, na temporada de cruzeiros. Todos os espaços administrados pela Secretaria possuem guias bilíngues. No caso do Teatro Amazonas, cabe dizer ainda que há intérpretes de libras e que o espaço que oferece acessibilidade, com rampas, ilha com descrição dos espaços internos, banheiros adaptados, locais reservados especialmente para pessoas com deficiência.

 

Recepção - Uma equipe da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) fez o receptivo dos turistas que desembarcaram do navio M/S Sirena. Guias bilíngues impressos, com informações sobre a cidade de Manaus, foram entregue aos turistas.  De acordo com o diretor de Turismo da Manauscult, João Araújo, durante essas ações de receptivos é importante destacar a ação integrada entre os órgãos.

 

"Até junho continuaremos fazendo um trabalho em parceria para que os turistas sintam-se acolhidos em sua chegada", comentou.

 

Economia – Para essa temporada estão sendo aguardados 24.664 turistas, o que representa um crescimento de 40,23%, em relação à última temporada (2015-2016) que recebeu 18 navios com 17.588 turistas. A injeção de recursos prevista para a temporada 2016/2017 foi estimada em US$ 14.601.088,00, com gasto médio de US$ 296,00, por turista. 

 

FOTOS: JOEL ARTHUS/SECOM

Um comentário:

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.