UM HÓSPEDE DO HOTEL MF5 É VITIMA DE TENTATIVA DE LATROCÍNIO

Com informações da Delegacia Interativa de Coari

Ontem (30.10), por volta das 19h56min, na Rua Independência, em frente ao hotel MF5, dois delinquentes empunhando arma de fogo abordaram a vitima Carlos Alberto, 51 anos, hóspede do hotel, ocasião em que roubaram seu aparelho celular e, além disso, um dos assaltantes efetuou, sem motivo aparente, três disparos na sua direção, atingindo um no seu estômago e dois no braço, tendo em seguida os marginais fugido e até o momento não foram encontrados.

A vítima foi imediatamente socorrida e encaminhada ao hospital de Coari e não corre risco de morte.

Como se pode perceber, a violência em Coari está ganhando proporções antes inimagináveis, vez que os assaltantes estão tão audaciosos que resolveram agora invadir as residências de suas vítimas para roubá-las e ainda realizam disparos com a intenção de matá-las.

Imagem retirada do circuito fechado de TV do hotel MF5

spacer

CIDADES Acadêmicas de Medicina da UEA conquistam medalha de prata na maior competição de Biologia Sintética do mundo

As acadêmicas do curso de Medicina da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Julie Anne de Lima e Maria Letícia da Silva, conquistaram medalha de prata na Competição Internacional de Engenharia de Sistemas Biológicos (International Genetically Engineered Machine), promovida pelo Instituto de Tecnologia de Massachusettes (MIT).  O evento é a maior competição de Biologia Sintética do Mundo e reuniu mais de três mil estudantes e 300 projetos inscritos de diversos países. A programação ocorreu entre os dias 26 e 31 de outubro, em Boston (EUA). O resultado foi divulgado na tarde desta segunda-feira (31).

Em parceria com acadêmicos da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), elas apresentaram um projeto de Biodetecção e Biorremediação de Mercúrio. A equipe, composta por estudantes de Medicina e Biotecnologia, desenvolveu um Bioreator capaz de tratar água contaminada por mercúrio e torná-la até 70% mais pura, devolvendo água aos rios da Amazônia causando menos danos ao meio ambiente. O foco do projeto são  indústrias que atuam na Amazônia.

A acadêmica de Medicina da UEA, Julie Anne de Lima, ressaltou que foi muito gratificante apresentar o trabalho e perceber o interesse de pesquisadores e estudantes de diversas partes do mundo. “Acharam nosso projeto relevante, aplicável e que a pesquisa pode proporcionar um benefício real para a sociedade. Foi a realização de um sonho porque além de agregar muito ao nosso conhecimento e carreira acadêmica, podemos dizer que não seremos as mesmas pessoas depois dessa experiência. Tivemos contato com pesquisas que estão sendo desenvolvidas ao redor do mundo. São ideias fascinantes e que também nos deram outras ideias de como seguir na nossa carreira futuramente”, disse.

A pesquisa é desenvolvida em parceria com acadêmicos e professores da Ufam. Os acadêmicos da Universidade Federal são: Anderson Lima, Marcia Clara Astolgi, Geovanna Macklouf, Wlademir Salgado, Marcelo Valente e Leon Manickhand. Professores: Carlos Gustavo Nunes e Spartaco Astolfi. 

Competição Internacional de Sistemas Biológicos - A competição internacional de engenharia de sistemas biológicos, o iGEM (International Genetically Engineered Machine), foi criada em 2003 pelo MIT e, anualmente, promove o encontro de equipes de universidades de todo o mundo, que apresentam seus projetos de Biologia sintética. O objetivo das equipes é a criação de dispositivos biológicos inovadores que permitam a solução de problemas humanos relevantes, seja na área da saúde, de biocombustíveis, preservação ambiental, produção de alimentos, manufaturas e outros. Inicialmente, a competição era exclusivamente para alunos de graduação, mas hoje conta com divisões especiais para alunos do ensino médio, empreendedores e programadores de software.

spacer

Conscientizar a população masculina é o grande desafio do Novembro Azul

Os cuidados com a saúde, geralmente mais presentes na vida das mulheres por questões culturais, ganham força junto à população masculina, durante o Novembro Azul, mês alusivo à saúde do homem. Na área da oncologia, a campanha serve de alerta para a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata, tipo da doença de maior prevalência entre o sexo masculino no Amazonas. Segundo o cirurgião oncológico Marco Antônio Ricci, diretor-presidente da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), o grande desafio atualmente é promover a conscientização desse público específico.

Conforme a última projeção do Instituto Nacional do Câncer José Alencar (Inca), órgão subordinado ao Ministério da Saúde, a neoplasia maligna deve registrar, ao longo deste ano, 520 novos casos no Estado, uma média de 28 diagnósticos para cada grupo de 100 mil pessoas.

No Brasil, a estimativa aponta que devem ser acometidos pela doença 61,2 mil homens, ou, 61 pessoas para cada grupo de 100 mil, conforme dados da taxa bruta de incidência do Inca. Marco Antônio Ricci explica que, mesmo com diversas campanhas desenvolvidas ao longo dos anos, a categoria masculina ainda busca os exames preventivos e de detecção precoce do câncer de próstata, de forma tímida.

“Observamos aqui na FCecon, que ainda recebemos portadores de câncer com doença em estágio avançado, o que demonstra que os homens só procuram um especialista quando apresentam algum sintoma. Acontece que o câncer, em geral, é uma doença silenciosa, que quando sintomática, está entrando na fase avançada, estágio que dificulta o tratamento”. Destacou.

Ele explica que a população masculina ainda apresenta certa resistência para passar pelos exames de controle da saúde da próstata. O principal motivo é o preconceito, afirma o especialista. Ricci lembra que, quando mais cedo a doença for descoberta, maiores as chances de cura, principalmente nos casos cirúrgicos. “O tratamento no estágio inicial da doença, reduz também as chances de sequelas, a exemplo da impotência sexual. Por isso, aconselhamos os homens que não tenham medo de fazer, anualmente, o exame de toque retal e o PSA (sanguíneo), quando estiverem na idade indicada”, frisou.

Como o câncer acontece? - A próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga e à frente do reto, responsável por produzir parte do sêmen. No caso deste órgão, o câncer ocorre quando há o crescimento de massa tumoral nesta área, que pode levar até 15 anos para chegar a 1 centímetro. Marco Ricci explica que o desenvolvimento da doença é lento e, na maioria dos casos, ocorre em homens com mais de 65 anos. “Ao longo da vida, 1 em cada 6 homens desenvolverá a doença”, afirma.

O exame de toque retal é primordial para a descoberta da doença ainda na fase inicial e é recomendado a homens a partir dos 50 anos. No caso de histórico na família – quando pais e irmãos já tiveram a doença -, o teste deve ser feito a partir de 40 anos, por conta do fator hereditário. Também é indicada a realização do exame de sangue para a dosagem do PSA, o qual pode apontar alterações hormonais que podem ser um indício da doença.

Sobre a prevenção, o médico destaca que a adoção de hábitos saudáveis, que evitam vários tipos de doença, como as cardiovasculares, também se aplicam ao câncer. Entre eles, estão a redução do consumo de carne vermelha, a manutenção de uma alimentação rica em licopeno (presente, por exemplo, no extrato de tomate) e a prática de exercícios físicos com frequência. O consumo de cigarro e bebidas alcoólicas em excesso são alguns dos vilões que devem ser evitados e que contribuem, não só para o aparecimento do câncer de próstata, mas de outras neoplasias malignas.

Sintomas - Quando na fase inicial, o câncer de próstata é assintomático. Já em outros estágios, alguns sintomas pedem atenção redobrada e podem indicar a presença da doença ou outras anormalidades. São eles: fluxo urinário fraco ou interrompido, micção frequente, impotência, sangue no líquido seminal, dor ou odor na hora de urinar, perda de controle da bexiga ou intestino devido a pressão do tumor sobre a medula espinhal.

spacer

Nova etapa de vacinação contra a aftosa inicia amanhã em 21 municípios

Nesta terça-feira, 1º de novembro, inicia a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa em 21 cidades do sul do Amazonas, além de Presidente Figueiredo e Novo Airão, na Região Metropolitana de Manaus. A campanha é coordenada pela Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) e se estende até dia 30 do mesmo mês com meta de imunizar 831 mil animais.

 

Os criadores de bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e suínos devem procurar as casas agropecuárias ou unidade local do Idam para adquirirem a vacina. O preço do medicamento varia de R$ 1,50 a R$ 2,20 a dose. Além de imunizar o rebanho, o pecuarista precisa comprovar a imunização nos escritórios locais da Adaf e/ou Idam para a validação e controle do Estado.

 

Os municípios a serem atendidos nessa etapa são: Barcelos, Canutama, Carauari, Ipixuna, Itamarati, Juruá, Lábrea, Novo Airão, Pauiní, Santa Izabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira e Tapauá, Apuí, Boca do Acre, Eirunepé, Envira, Guajará, Humaitá, Manicoré, Novo Aripuanã e Presidente Figueiredo.

 

A região sul do Amazonas concentra o maior número de gado do Estado, com destaque para os municípios de Boca do Acre e Guajará que já são considerados livre da doença.

  

Sobre a doença - A febre aftosa é uma doença infecciosa aguda que causa febre, seguida do aparecimento de vesículas (aftas), principalmente, na boca e nos pés de animais de casco fendido, como bovinos, búfalos, caprinos, ovinos e suínos. A doença é causada por um vírus, que pode se espalhar rapidamente, caso as medidas de controle e erradicação não sejam adotadas logo após a sua detecção. O vírus também pode ser transportado pela água, ar, alimentos, pássaros e pessoas (mãos, roupas e calçados) que entraram em contato com os animais doentes.

spacer

A TRANSIÇÃO VAI ACONTECER EM COARI?

A transição democrática de uma gestão para a outra é um indício de seriedade administrativa e de transparência dos gestores que lidam com o que é público. O prefeito que perdeu a eleição, em tese deveria abrir as portas da prefeitura para o prefeito eleito montar uma equipe de transição, para que a mudança acontecesse de forma tranquila e transparente. A grande pergunta é: será que isto vai acontecer? Muitos coarienses têm dúvida.

A prática visceral da política como um fim em sí mesmo ainda não deixou de ser observada em Coari. A disputa política ainda é muito acirrada e a história recente mostra que o atual prefeito do município não é apenas adversário político do ex-prefeito... É muito mais.O clima não é muito favorável entre os dois grupos para uma transição. Mesmo assim, a historia poderia ser diferente, o exemplo de maturidade e de responsabilidade poderia ser dada com a montagem da equipe de transição.

Além da responsabilidade com o que é público, uma transição realizada seria um exemplo de que os governantes locais estariam pensando a política em outro patamar, que não o pessoal. Transição de governo é algo tão lógico que não deveria ser questionada...É recomendada pelos órgãos de controle externo. Deveria ser posta em prática, se o revanchismo não fosse maior que o interesse público.


spacer

Eleição 2016 escancara desgosto do brasileiro com classe política


VOTOS NULO – Na cidade do Rio de Janeiro, 46,93% dos eleitores não votaram neste segundo turno (Nelson Junior/VEJA/Dedoc)

No Rio de Janeiro, o candidato do Psol, Marcelo Freixo, obteve menos votos do que a soma de brancos, nulos e abstenções: 40,6% ante 46,93%. Em Fortaleza, os eleitores que não optaram por nenhum dos dois candidatos poderiam também ter alterado o resultado da disputa: o atual prefeito, Roberto Cláudio (PDT), foi reeleito com 53,57% dos votos, contra 46,43% do deputado estadual Capitão Wagner (PR) – uma diferença de 90.396 dos votos. Já brancos (26.453) e nulos (83.991) somaram 110.444 votos. Em Cuiabá (MT), o número também chamou atenção: 41,03% dos eleitores não votaram. O quadro se repetiu pelo país, fazendo desta a eleição com número recorde de votos nulos, em branco e abstenções. Em 2016, o eleitor deixou clara como nunca sua insatisfação com a classe política.
spacer

CIDADES E POLÍTICA Polícia Civil fecha 72 estabelecimentos comerciais durante a operação 'Lei Seca' deflagrada em Manaus


A Polícia Civil do Amazonas, sob o comando do delegado geral da instituição, Francisco Sobrinho; delegado-geral adjunto, Izair Soares da Silva, e do diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Geraldo Eloi, deflagrou na noite de sábado, dia 29, e na madrugada deste domingo, dia 30, a operação “Lei Seca'', que resultou no fechamento de 72 estabelecimentos comerciais na capital por estarem comercializando bebidas alcoólicas na noite que antecedeu o segundo turno das eleições municipais 2016, que ocorre neste domingo, dia 30.

De acordo com o diretor do DPM, foram identificados, descumprindo as restrições relacionadas à venda e consumo de bebidas alcoólicas estabelecidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Amazonas (TRE-AM), 13 bares na zona norte; 17 na zona leste; 18 na zona sul; oito na zona oeste; nove na zona centro-sul e sete na zona centro-oeste.

Conforme o delegado Geraldo Eloi, ação contou com o efetivo de 145 servidores lotados na 1ª Seccional Sul, 2ª Seccional Norte, 3ª Seccional Leste, 4ª Seccional Oeste, 5ª Seccional Centro-Sul e 6ª Seccional Centro-Oeste, coordenados pelos respectivos delegados titulares das unidades policiais: Rodrigo Barreto, Fernando Bezerra, Pablo Geovanni, Tarson Yuri, Virgílio Mendonça e Abrahão Serruya. Também estiveram presentes na operação, policiais civis que atuam nas delegacias especializadas e Distritos Integrados de Polícia (DIPs) das áreas de abrangência das respectivas seccionais.

“Essa operação é repressiva no sentido de coibir o consumo e a venda de bebidas alcoólicas neste segundo turno das eleições municipais. O horário estabelecido para fechamento dos estabelecimentos foi estendido para às 23h, então após esse horário realizamos diligências em bares, lanchonetes e locais públicos da capital para reprimir a venda e o consumo de bebidas alcoólicas. Esse é objetivo da operação “Lei Seca”, reprimir os crimes eleitorais, como determinado pelo TRE-AM. Estivemos nas ruas para assegurar que as medidas fossem cumpridas”, explicou o diretor do DPM.

Eloi informou que a Polícia Civil estará presente nas ruas durante o pleito deste domingo, com intuito de assegurar à proteção da sociedade e resguardar a ordem nas ruas da capital. A autoridade policial ressaltou, ainda, que além das 11 Centrais de Flagrantes, que funcionam 24h, os 4°; 13°; 25°; 26°; 27°; 28°; 29°, e 30° DIPs situados nas zonas Norte e Leste de Manaus irão funcionar, das 8h às 18h, neste domingo. 

FOTOS: DIVULGAÇÃO/PC-AM




spacer

"Temos mais de 100 candidatos sub judice", estima Gilmar Mendes

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Gilmar Mendes, estimou em mais de 100 candidaturas que ainda estão "sub judice" em todo o país, ou seja poderão ser impugnadas pela Justiça Eleitoral. A estimativa refere-se a candidatos que disputaram o primeiro turno ou disputam o segundo turno das eleições municipais deste ano.

"Nós temos candidatos que estão concorrendo sub judice. Há um número razoável. Mais de 100 certamente," afirma o ministro, durante entrevista coletiva realizada na manhã deste domingo (30), na sede do TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro).

Mendes propõe, para as próximas eleições, que os prazos para registros sejam antecipados para evitar "instabilidade" no processo eleitoral. "Uma proposta do futuro é que talvez nós devêssemos antecipar os prazos, criar uma fase de pré-registro para que ocorresse logo as impugnações para evitar a instabilidade no processo eleitoral", declarou ministro.

Com as novas regras válidas para as eleições municipais deste ano, a Justiça Eleitoral teve apenas 45 dias para analisar os registros dos candidatos. Metade do prazo dos pleitos anteriores.

"A única queixa que nós estamos registrando, a mais explícita do ponto de vista da Justiça eleitoral, é que com o encurtamento do prazo nós tivemos um problema com o registro dos candidatos", afirmou o ministro.

Assim, as candidaturas serão julgadas após a realização do segundo turno, o que pode mudar o resultado de várias disputas em todo o país e resultar na realização de novas eleições em alguns municípios.

"Há muitos registros que ainda pendem de uma definição. E a maioria ainda não chegou ao TSE, alguns ainda não foram votados pelos Tribunais Regionais Eleitorais. Estamos tendo um quadro de instabilidade e de insegurança", acrescentou.

"Quadro de normalidade"
O presidente do TSE afirmou que o processo eleitoral avança pelo país sem problemas de segurança. "Tudo transcorre no quadro de normalidade."

Gilmar Mendes defendeu que o problema com o sistema político-eleitoral brasileiro está relacionado com a ausência de teto para o financiamento de campanhas. "Me parece que a grande falha do sistema eleitoral foi a falta de limites", apontou. Mendes elogiou o modelo atual, que proibiu o financiamento por pessoa jurídica, permitindo apenas o financiamento por pessoas, mas reconheceu que esse modelo poderá ser mudado para 2018.

"Não sei se esse modelo subsistirá para a eleição de 2018." O presidente do TSE disse que é preciso também a diminuição do número de partidos hoje existentes no Brasil. "Não queremos mais esse número imenso de partidos", disse.

spacer

POLÍCIA MILITAR PRENDE UM DOS ASSALTANTES DO BRADESCO EXPRESSO


Ontem (28.10), por volta das 10h, dois delinquestes identificados como DAVID VICTOR GONÇALVES DA COSTA, vulgo DUNGA, 18 anos (preso em flagrante) e RICARDO DA ROCHA FERREIRA, vulgo ORELHA, 20 anos (foragido), ambos armados com revólver calibre 38, assaltaram o Bradesco Expresso situado no Mercadinho J. Rodrigues, que fica na Rua Gonçalves Ledo, 351, Centro, de onde roubaram mais de 25 mil reais.

Após o roubo, a dupla de criminosos fugiu em uma motocicleta, mas um dos delinquentes deixou cair uma caixa na qual continha parte do dinheiro e uma das armas usadas no assalto, tendo essa caixa sido logo entregue por moradores à Polícia Militar. Na caixa continha cerca de 9 mil reais, que foram devolvidos à vitima.

Pela tarde, a PM conseguiu prender DUNGA, que confessou ter praticado o crime junto com ORELHA, o qual permanece foragido.

DUNGA, ORELHA (foragido) e uma das armas utilizadas no crime

spacer

Ibope, votos válidos: Artur Neto tem 54% e Marcelo Ramos, 46%

Foram entrevistados 805 eleitores de Manaus; margem de erro é de 3 pontos. Pesquisa eleitoral foi realizada entre os dias 26 e 28 de outubro.

Foi divulgada nesta sexta-feira (28) a segunda pesquisa eleitoral Ibope de intenção de voto para a Prefeitura de Manaus no segundo turno.
O levantamento do instituto foi encomendado pela Rede Amazônica.
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Segundo o Ibope, isso significa que, considerando a margem de erro, a chance de o resultado retratar a realidade é de 95%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.
Votos totais:
Artur Neto (PSDB): 47% (pela margem de erro, entre 44% e 50%)
Marcelo Ramos (PR): 40% (pela margem de erro, entre 37% e 43%)
- Branco/nulo/nenhum: 9%
- Não sabe/não respondeu: 4%
No levantamento anterior, Artur Neto tinha 50%, Marcelo Ramos, 39%, brancos e nulos eram 8% e não sabiam, 3%.
Votos válidos:
Artur Neto: 54% (pela margem de erro, entre 51% e 57%)
Marcelo Ramos: 46% (pela margem de erro, entre 43% e 49%)
Na pesquisa anterior, Artur Neto tinha 56% e Marcelo Ramos, 44%.
Para calcular os votos válidos, são excluídos da mostra os votos brancos, nulos e os eleitores que se declaram indecisos. Esse procedimento é o mesmo usado pela Justiça Eleitoral na hora de divulgar o resultado oficial da eleição.
O Ibope ouviu 805 eleitores entre os dias 26 a 28 de outubro em Manaus. A pesquisa eleitoral foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) sob o protocolo AM-03262/2016.
spacer

DELEGACIA DE COARI SOLICITA COLABORAÇÃO DA POPULAÇÃO A FIM DE IDENTIFICAR OS AUTORES DO CRIME DE LATROCÍNIO DE PROFESSOR

Informações da Delegacia Interativa de Coari.



A Delegacia de Coari solicita colaboração dos moradores desse município que possam levar à identificação dois delinquentes que praticaram crime de latrocínio (roubo seguido de morte) contra o professor Francisco Leonilde Lima de Souza, 37 anos.

O fato aconteceu ontem (26.10.16), por volta das 19h30min, na residência localizada na Rua Maria Goés, Urucu, onde a vítima realizava um trabalho de aula juntamente com outras pessoas, ocasião em que dois delinquentes pararam uma MOTOCICLETA HONDA FAN, COR PRETA, SEM PLACA, na frente do local, tendo o garupa descido do veículo com arma em punho e em seguida adentrou na sala da casa, onde abordou as pessoas que ali estavam e anunciou o assalto, sendo que três vítimas correram para os fundos da residência, enquanto o professor Leonilde permaneceu sentado em uma cadeira de balanço, momento em que o delinquente efetuou um disparo na cabeça da vítima e na sequência roubou um NOTEBOOK MARCA CCE, COR PRETA, PERTENCENTE AO ESTADO, empreendendo fuga em seguida.

O professor foi socorrido imediatamente e levado para o Hospital Regional de Coari, onde faleceu momentos depois.link

As características do latrocida atirador são as seguintes: ALTO (entre 1,70m e 1,80m de altura), MAGRO, MORENO ESCURO, vestia BLUSA POLO PRETA com GOLA LARANJA, BERMUDA PRETA e usava BONÉ PRETO.

Quem souber de alguma informação que possa identificar o atirador que tem as características acima descritas e que utilizava uma MOTO HONDA FAN PRETA, SEM PLACA no dia do crime, favor enviar mensagem no particular para esse Facebook ou ligar para os seguintes números:
(97) 98123-3791 (whatsapp) / (92) 98828-1159 / (97) 3561-3815 / 3810 /3124

Vale lembrar que a identidade da pessoa que passar informação será mantida em sigilo.


spacer

Governo anuncia hoje Portaria que libera R$30 milhões para a Saúde do Amazonas


A Solenidade de Anúncio da Portaria nº 1.609, de 1º de setembro de 2016, baseada no Decreto nº 37.218, de 29 de agosto de 2016", que estabelece repasse de recurso financeiro do Bloco de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar ao Estado do Amazonas acontece nesta quarta-feira, na Sede do Governo, na Compensa. O repasse, em cota única, no valor de R$ 30 milhões, é resultado de articulação da deputada federal Conceição Sampaio (PP-AM) junto ao Ministério da Saúde, em agosto.

Trata-se de uma verba extra dentro do Teto de repasses do Sistema Único de Saúde (SUS), o que proporciona ao estado uma alternativa para solucionar problemas enfrentados pela rede de saúde pública, em virtude da crise econômica. A liberação do valor, em cota única, foi comunicada pelo ministro Ricardo Barros ao próprio Governador José Melo no último dia 1 de setembro, em reunião realizada logo pela manhã, com a presença da deputada Conceição Sampaio.

A deputada Conceição Sampaio disse estar muito feliz por ter conseguido a liberação do valor. "Talvez este seja um dos momentos mais felizes de minha vida. Por poder devolver, com meu trabalho, a confiança que o povo do Amazonas depositou em mim, como sua deputada federal. Agradeço ao ministro Ricardo Barros, por sua sensibilidade e por ter compreendido o difícil momento pelo qual passa a Saúde em nosso estado", afirmou.

Em 2016, o teto-SUS previa o repasse de um montante de R$ 501 milhões ao Amazonas. O recurso adicional é incorporado ao montante. Entre os Estados brasileiros, o Amazonas está em penúltimo lugar, nestes repasses. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, a liberação abre perspectivas. "Vamos utilizar esses recursos para resolver problema na nossa rede. Ajudar a solucionar questões emergenciais que estamos enfrentando por conta da crise", disse.

Parcelas UBS – Conceição Sampaio também foi informada, desta vez pela assessoria do Ministério da Saúde, que em resposta às suas gestões junto ao Ministério, foram liberadas parcelas para a construção de Unidades Básicas de Saúde para Prefeituras de quatro Municípios do interior do Amazonas, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Para Itacoatiara, o valor liberado foi de R$ 244.800,00; para Rio Preto da Eva foram R$ 102.400,00; para Humaitá e Nova Olinda do Norte, o valor liberado foi de R$ 81.600,00 para cada município.

Equipamentos para a FCecon e outras unidades de saúde já estão em processo de licitação

A deputada federal Conceição Sampaio (PP-AM), foi informada pelo Secretário de Estado de Saúde do Amazonas, Pedro Elias de Souza, que a aquisição dos equipamentos de uso permanente para a Fundação Centro de Oncologia do Amazonas (FCecon) e outras 13 unidades de saúde de Manaus e do Interior do Estado entrou em processo de licitação. O material será adquirido com recursos no valor de R$ 1.999.960,00, provenientes de emenda parlamentar individual ao Orçamento Geral da União, de autoria da parlamentar do Amazonas.

De acordo com Conceição Sampaio, os itens a serem adquiridos foram decididos em reunião entre a própria parlamentar, o secretário Pedro Elias e a enfermeira Marília Muniz, coordenadora da Área de Oncologia do Estado.

"Serão adquiridos computadores desktop, colposcópios, microscópios laboratoriais, aspiradores de vapores para salas de cirurgia, bisturis elétricos, pistolas para biópsia mamária, aparelhos de anestesia, aparelho de raios-X, cadeiras hospitalares adulto e infantil, poltronas para a doação de sangue, sistemas de vídeo-laparoscopia rígido e flexível e outros itens, todos fundamentais para a realização de exames de câncer de colo uterino e de mama, tanto na FCecon como na rede de saúde", explicou Conceição. "A falta de um desses itens, na maioria das vezes, é o fator responsável pela não realização de um exame", completou.
Por isso mesmo, na opinião da parlamentar, foi fundamental que fossem feitas reuniões entre ela e a equipe da Susam, para definir onde seriam aplicados os recursos. "O câncer de colo uterino é o que mais mata mulheres no Amazonas e Manaus tem o triste título de ser a capital mundial do câncer de colo uterino. A prevenção é fundamental para o tratamento da doença. Por isso, venho trabalhando em várias frentes para facilitar o acesso ao diagnóstico precoce", disse Conceição.

Além da FCecon, o material adquirido será distribuído ao Instituto da Mulher Dona Lindu, ao Hospital Geral de Borba Vó Mundoca, ao Hospital Geral de Manacapuru, ao Hospital Geral José Mendes de Itacoatiara, a Hospital Geral Dr. Jofre de Matos Cohen de Parintins, ao Hospital Regional de Tefé, à Maternidade Enfermeira Celina Villacrez Ruiz de Tabatinga, e para as Policlínicas Gilberto Mestrinho, Castelo Branco, Comte Telles, Codajás, Djalma Batista e João dos Santos Braga, em Manaus.

Valor total da Emenda Liberada – R$ 1.999.960,00

Material de Uso Permanente    

Quant.

Valor Unitário (Base)

Valor Total (Base)

Pistola para Biópsia Mamária

12

R$ 5.500,00

R$ 66.000,00

Microscópio laboratorial

3

R$ 6.500,00

R$ 19.500,00

Aspirador de vapores

22

R$ 2.100,00

R$ 46.200,00

Computador Desktop

22

R$ 2.000,00

R$ 44.000,00

Bisturi Elétrico

22

R$ 18.000,00

R$ 396.000,00

Cadeira Hospitalar Infantil

5

R$ 900,00

R$ 4.500,00

Cadeira Hospitalar Adulto

6

R$ 900,00

R$ 5.400,00

Colposcópio

22

R$ 16.000,00

R$ 352.000,00

Câmara para Conservação de Hemoderivados/Imuno/Termolábeis

2

R$ 10.500,00

R$ 21.000,00

Balde/Lixeira

2

R$ 110,00

R$ 220,00

Lavadora de Endoscópio

2

R$ 65.000,00

R$ 130.000,00

Capela de Fluxo Laminar

2

R$ 11.700,00

R$ 23.400,00

Escada de Dois Degraus

2

R$ 170,00

R$ 340,00

Micrótomo

1

25.000,00

R$ 25.000,00

Placa Aquecedora

2

R$ 1.200,00

R$ 2.400,00

Aparelho de Raios-X Móvel

1

R$ 80.000,00

R$ 80.000,00

Sistema de Vídeo-Laparoscopia/Endoscopia Rígida

1

R$ 270.000,00

R$ 270.000,00

Sistema de Vídeo-Laparoscopia Flexível

1

R$ 220.000,00

R$ 220.000,00

Aparelho de Anestesia com Monitor Multiparâmetros

3

R$ 80.000,00

R$ 240.000,00

Poltrona para doação de sangue

12

R$ 4.500,00

R$ 54.000,00

Total geral: R$ 1.999.960,00

Unidades de Saúde Beneficiadas:

Fundação CECON – Manaus

Hospital Geral – Manacapuru

Hospital Vó Mundoca – Borba

Hospital Geral José Mendes – Itacoatiara

Hospital Regional – Tefé

Hospital Regional Dr. Jofre de Matos Cohen – Parintins

Instituto da Mulher Dona Lindu

Maternidade Enfermeira Celina Vilacruz Ruiz – Tabatinga

Policlínica Castelo Branco – Manaus

Policlínica Comte Telles – Manaus

Policlínica Dr. Djalma Batista – Manaus

Policlínica Codajás – Manaus

Policlínica Gilberto Mestrinho – Manaus

Policlínica João dos Santos Braga – Manaus

 

SAIBA MAIS

 

 

Secretário Estadual de Saúde destaca atuação da deputada Conceição Sampaio na liberação de recursos

Em seu pronunciamento na tarde desta quarta-feira (26), na sede do Governo, durante a solenidade de anúncio da Portaria nº 1.609, que estabelece repasse de recurso financeiro do Bloco de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar ao Estado do Amazonas, o secretário de Estado da Saúde, Pedro Elias de Souza, destacou a atuação da deputada federal Conceição Sampaio (PP-AM) na articulação para a liberação dos recursos na ordem de R$ 30 milhões junto ao Ministério da Saúde.

"Por uma questão de Justiça, devo reconhecer o empenho da deputada Conceição Sampaio na liberação desse valor. Ela foi uma guerreira e tem sido uma grande parceira", disse Pedro Elias. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, foi representado no evento pela Secretária de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério, Gerlane Baccarin, que também, destacou a atuação da parlamentar. "Não há um dia em que a deputada Conceição Sampaio não esteja no Ministério, pleiteando recursos para o Amazonas. Ela tem sido incansável neste trabalho", afirmou Baccarin.
Presente à solenidade, a deputada Conceição Sampaio afirmou que a liberação dos recursos, em cota única, lhe trouxe muita alegria. "Como deputada federal que estou, fiquei muito feliz em poder devolver ao estado, com meu trabalho, a confiança que me foi depositada. Estou à disposição para continuar trabalhando pelo Amazonas", disse Conceição.

De acordo com a parlamentar, os R$ 30 milhões liberados referem-se a uma verba extra dentro do Teto de repasses do Sistema Único de Saúde (SUS), o que proporciona ao estado uma alternativa para solucionar problemas enfrentados pela rede de saúde pública, em virtude da crise econômica. A liberação do valor, em cota única, foi comunicada pelo ministro Ricardo Barros ao próprio Governador José Melo no último dia 1 de setembro, em reunião realizada logo pela manhã, com a presença da deputada.

Em 2016, o teto-SUS previa o repasse de um montante de R$ 501 milhões ao Amazonas. O recurso adicional é incorporado ao montante. Entre os Estados brasileiros, o Amazonas está em penúltimo lugar, nestes repasses.

Ainda em seu pronunciamento no evento, o secretário Pedro Elias de Souza afirmou que 70% dos recursos liberados já estão comprometidos na recuperação da rede.

 

spacer

Projeto busca conscientizar jovens sobre o vírus HIV


Pesquisa no âmbito do PCE é realizada por estudantes da Escola Estadual Castelo Branco

 

Com o propósito de conscientizar os jovens sobre as doenças sexualmente transmissíveis, estudantes da Escola Estadual Presidente Castelo Branco, no bairro São Jorge, zona Oeste de Manaus, investigam a "Suscetibilidade da contaminação do vírus HIV em adolescentes do município de Manaus". O estudo é desenvolvido no âmbito do Programa Ciência na Escola (PCE) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) e deve ser concluído em dezembro deste ano.

 

O trabalho é coordenado pelo professor de biologia da escola, Ederson Gonçalves, e conta com o envolvimento de seis alunos do 3º ano do Ensino Médio: Guilherme Vasconcelos, 18, Kerlison Souza, 20, Mayra Nascimento, 17, Thyfany Oliveira, 17, Nicoly Uchôa, 17, e Mena Bianca, 17.  A escola onde o projeto é realizado fica no bairro São Jorge, na Zona Oeste de Manaus.

 

Segundo o professor, o estudo pretende identificar a vulnerabilidade do adolescente na contaminação do vírus HIV. Ele destaca que o interesse em investigar o tema surgiu a partir do aumento dos casos da doença em nível nacional. "Queremos identificar qual é o ponto que está fazendo com que os adolescentes fiquem tão suscetíveis à contaminação. Será a falta informação em casa? Na escola? Se é iniciação cada vez mais cedo na vida sexual aliada à falta de informação?", indagou o educador.

 

Para coletar dados e creditar as hipóteses levantadas pelos próprios bolsistas, o grupo de pesquisa desenvolveu questionários que abordam aspectos sociais, educacionais e vida sexual de adolescentes de 12 a 18 anos de idade. Os questionários serão aplicados em turmas da escola, escolhidas por meio de sorteio, e em adolescentes soropositivos, via parceria com a Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD). Não será necessária a identificação do entrevistado.

 

O coordenador da pesquisa ressaltou que o tema sexualidade tem que ser tratado como um assunto normal. "Nosso erro é tratar o tema como tabu, como algo que não deve ser discutido".  Para Gonçalves, o Ensino Médio tem o papel de preparar o aluno para a vida. "O conhecimento só é válido quando o aluno consegue aplicar no cotidiano e o PCE tem contribuído nesse processo", disse o professor.

 

"Quando tratamos de Biologia, tratamos de saúde de modo geral. Falamos sobre educação sexual, os vírus, o desenvolvimento de doenças, mas, muitas vezes, não falamos sobre prevenção, só damos o conhecimento técnico e não preparamos o aluno para aplicar o conhecimento na vida, não está sendo válido. Essa é importância do PCE: os próprios adolescentes vão orientar outros", explica Ederson.

 

Importância da pesquisa

O bolsista Guilherme Vasconcelos acredita que o projeto de pesquisa é importante, pois alerta a juventude sobre os riscos da contaminação do vírus HIV. "O adolescente é o mais vulnerável. Em nossas pesquisas, conseguimos coletar a seguinte informação: se hoje temos um índice de adultos que estão contaminados, eles não foram contaminados na fase adulta e, sim, na adolescência. Esse é um trabalho de prevenção para que a doença não se dissemine ainda mais", disse o aluno.

 

Kerlison Souza contou que antes do projeto, o assunto era pouco discutido tanto em casa como na escola, mas o cenário tem se modificado e a discussão sobre HIV/Aids se tornado mais frequente nos grupos de amigos. Diferente de Kerlison, a aluna Mayra Nascimento contou que a família sempre conversou sobre o assunto, mas que com o PCE ela pode aprofundar seu conhecimento.

"Por meio do PCE, tenho alcançado mais entendimento sobre HIV. Apesar da minha família ser muito aberta para o diálogo, não tinha tido a experiência de debater com meus colegas sobre o tema. É muito bom ouvir outras opiniões. Hoje eu sinto a preocupação de falar com minhas colegas sobre HIV e falar o que é certo para elas", disse a estudante.

 

A também bolsista do PCE, Thyfany Oliveira, acredita que o contato de adolescente para adolescente poderá contribuir de forma relevante para conscientização sobre os riscos da contaminação do vírus HIV. "Nosso contato maior é com esse público. Como a linguagem é a mesma, a abordagem fica mais direta. O alerta precisa ser feito de forma eficaz", contou a estudante.

 

FOTO: ÉRICO XAVIER/FAPEAM

spacer

Edital para Programa de Residência Médica prevê dez vagas para a FCecon

A Comissão Estadual de Residência Médica (Cermam), lançou dois editais de Seleção Unificada para o Programa de Residência Médica do Estado do Amazonas, que prevê mais de 170 vagas, dez delas para a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Susam).

A oferta na unidade hospitalar inclui as seguintes especialidades: anestesiologia, radiologia e diagnóstico por imagem, cancerologia clínica, cancerologia cirúrgica, cirurgia de cabeça e pescoço e mastologia. As inscrições começaram no último dia 20, e seguem até 4 de novembro, exclusivamente no site www.cermam.com.br.

Atualmente, a FCecon tem em sua estrutura, 22 residentes bolsistas divididos por especialidades e categorias. Desde sua criação, em 2004, a instituição já inseriu no mercado 21 médicos especialistas. Para o diretor-presidente da FCecon, cirurgião oncológico Marco Antônio Ricci, ampliar as vagas para residência médica auxilia na formação de mão de obra especializada e fortalece a assistência em saúde no Amazonas.

"Antes, os médicos recém formados em clínica geral, precisavam ir para outros estados buscar capacitação, já que no Amazonas a oferta e o número de programas que contemplavam a residência médica eram bastante restritos. Atualmente, com a ampliação e a variedade de cursos de especialização, parte deles opta por permanecer no Amazonas e atuar conosco nas unidades do SUS. A estratégia fortalece a rede pública e ajuda a ampliar o número de atendimentos à população, o que acaba sendo um ganho para o Sistema", destacou.

Programa/FCecon - O Programa de Residência Médica da FCecon é credenciado pela CNRM/MEC (Ministério da Educação). As vagas foram distribuídas da seguinte forma: 1 para anestesiologia, 2 vagas para radiologia e diagnostico por imagem, 2 para cancerologia clínica, 2 para cancerologia cirúrgica, 1 para cirurgia de cabeça e pescoço e 2 para mastologia. O tempo de duração das especializações varia de dois a três anos, a iniciar em março de 2017. Informações sobre a seleção e mais detalhes sobre o programa estão disponíveis no edital

spacer

VIOLÊNCIA FAZ MAIS UMA VÍTIMA FATAL EM COARI


É triste noticiar mais uma morte.  Desta vez,  a morte de um professor,  barbaramente assassinado dentro de uma casa.

A violência foi brutal: entraram na casa onde o professor Francisco Leonilde (a vítima) e outros colegas professores faziam trabalho de aula.  Os ladrões roubaram tablets e notebooks e atiraram na cabeça do professor Leonilde ceifando-lhe brutalmente a vida.




Os cidadãos de Coari,  que na semana passada saíram às ruas clamando por mais segurança, estão perplexos e emudecidos. 
O grito dar morte do professor na noite desta quarta-feira falou mais alto que os apelos por segurança.  Somente os ouvidos das autoridades continuam surdos ao clamor dos coarienses que já não sabem mais o que fazer com tanta violência.
Antes da morte do professor,  ainda na tarde desta quarta-feira vários assaltos aconteceram.  Os cidadãos denunciavam na redes sociais os casos de roubo e assaltos à mão armada. 

Não dá pra dizer que a morte do professor foi um caso isolado, pelo contrário, foi um triste caso que evidencia a necessidade de serem tomadas medidas urgentes de segurança à serem tomadas.

Será que agora,  com o preço de mais uma vida as autoridades competentes vão ouvir o clamor do povo coariense, ou vamos ficar reféns dentro de nossas casas? Nem dentro de casa a vida do professor Leonilde foi preservada.
spacer

POLÍTICA E CIDADES Governo formaliza repasse do Ministério da Saúde


O Ministério da Saúde (MS) formalizou nesta quarta-feira (26) junto ao Governo do Amazonas a liberação de recurso adicional no valor R$ 30 milhões para a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), que estão sendo aplicados nos atendimentos de média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar. 

 

De acordo com a Portaria 1.609, publicada no Diário Oficial da União, em 1º de setembro, no contexto da publicação do Decreto 37.218, que declarou Estado de Emergência Econômica no Sistema de Saúde do Amazonas, o Fundo Nacional de Saúde (FNS) adotou as medidas necessárias para a transferência do valor ao Fundo Estadual de Saúde do Amazonas, que aconteceu no dia 8 de setembro.

 

A solenidade de formalização aconteceu no auditório da Sede do Governo do Amazonas, com a presença do secretário estadual de saúde, Pedro Elias, e da secretária de Gestão Estratégica e Participativa do MS, Gerlane Baccarin. 

 

O recurso está sendo aplicado na urgência e emergência, principalmente nas áreas de cirurgia cardíaca, atendimento aos renais crônicos e na atenção oncológica. O valor do repasse vai permitir solucionar questões emergenciais que o sistema de saúde do Amazonas está enfrentando, em virtude da crise econômica. 

 

Em 2016, o teto-SUS previa o repasse de um montante de R$ 501 milhões ao Amazonas. O recurso adicional é incorporado ao montante.

FOTOS: VALDO LEÃO/SECOM

spacer

VEREADOR DECA COBRA REAJUSTE DE SALÁRIOS DOS FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS DE COARI

[image_1]

O vereador Deca deu entrada na sessão desta terça-feira (25) em um requerimento legislativo exigindo que o prefeito municipal encaminhe à Câmara com urgência um projeto de lei que reajuste os salários dos servidores públicos municipais. Um plano de cargos e salários que corrija o déficit salarial que está defasado há quase 15 anos é que continua sendo ignorado pelos sucessivos gestores municipais que já passaram pela prefeitura.  O requerimento do vereador foi aprovado por unanimidade pelos seus pares.

[image_0]

Ao usar a tribuna para defender o seu requerimento o vereador Deca disse ficar surpreso com a demora por parte do executivo municipal em resolver este problema. "Dizem que o projeto já está pronto para reajustar os salários dos servidores municipais, então porque a demora de enviar para a aprovação da Câmara?" - questionou o vereador - "por isto faço este requerimento: se há este projeto que enviem com maior brevidade para a aprovação da Câmara".

Vários vereadores apartearam o vereador Deca e manifestaram interesse no assunto,  afirmando que não terão dificuldades de aprovar um projeto de lei que vem para corrigi uma defasagem que perdura há anos. 

spacer

Câmara Municipal de Coari abre oficialmente CPI contra o prefeito Raimundo Magalhães

A comissão processante será presidida pelo vereador Iranilson Medeiros, terá como relator o vereador Mario Jorge e como membro o vereador Roberio Queiróz. 

No primeiro plano vereador Iranilson Medeiros e ao fundo as pessoas que acompanharam a sessão da Câmara Municipal de Coari que autorizou a CPI. 

Com a galeria cheia de expectadores que acompanharam a sessão ordinária desta terça-feira (25),  que também foi transmitida pela rádio alcançando os que acompanham os trabalhos dos vereadores tanto na zona urbana quanto na zona rural, a Câmara Municipal de Coari aprovou a Comissão Processante que pode cassar o mandato do prefeito de Coari Raimundo Magalhães.

Como o vereador Keyton Pinheiro, relator da Comissão de Constituição e Justiça faltou a sessão,  o presidente da Câmara Municipal de Coari vereador Iliseu Monteiro nomeou o vereador Iranilson Medeiros para relatar provisoriamente a comissão. Com a medida, a reunião foi interrompida por 15 minutos para que o relatório da comissão fosse analisada pelo vereador substituto.

Ao retornar do intervalo solicitado,  o relator substituto apresentou o parecer da Comissão de Constituição e Justiça sobre a abertura do pedido de cassação do mandato de Magalhães e Clemente (prefeito e vice respectivamente). O parecer foi favorável ao início da abertura dos inícios da comissão processante.

A comissão processante foi aberta oficialmente  sendo designados como presidente o vereador Iranilson Medeiros, como relator o vereador Mario Jorge e como membro o vereador Roberio Queiróz. "É necessário garantir o pagamento dos funcionários que estão atrasados e os serviços básicos para população que segundo as denúncias estão abandonados" - afirmou o vereador Iranilson Medeiros.  O presidente da Câmara Municipal de Coari vereador Iliseu Monteiro também comentou a decisão: "A Câmara Municipal está presente neste momento para garantir o direito dos funcionários que estão prejudicados e também para garantir a transição de governo como resultado da democracia".
spacer

CIDADES Governador José Melo recebe visita de comitiva governamental da Colômbia para tratar de futuros investimentos socioeconômicos


Durante a reunião realizada entre o governador do Amazonas, José Melo, e o governador do Departamento de Guainía da Colômbia, Javier Elicer Zapata, e da comitiva, foram destacados os interesses do governo colombiano em fazer um futuro acordo de cooperação técnica com o Governo do Amazonas para investimentos na área cultural e comercial. A reunião aconteceu nesta terça-feira, 25 de outubro, na Sede do Governo do Estado, no bairro Compensa I, zona oeste de Manaus.

Guainía é um dos 32 departamentos da Colômbia, que são regiões geográficas com autonomia cultural e econômica, e está localizado no leste do país. A principal atividade econômica é a agricultura, a pesca e a pecuária. A cidade possui um potencial turístico, porém carece de estratégias para alavancar o setor. Entre as propostas estão intercâmbio sociocultural com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), além de estreitamento de laços comerciais com o Estado do Amazonas, principalmente no setor agrícola. A realização de convênios internacionais sobre meio ambiente e operacionalização da fronteira completaram a pauta das propostas.   

 

O governador José Melo avaliou como positivo o encontro e disse que há possibilidade de que futuros acordos para a criação de novos recursos para o Estado possam ser consolidados. “Foram colocações importantes e que vão ser bem avaliadas, uma vez que traz a criação de oportunidades a partir da conservação das riquezas da nossa região e alternativas de crescimento econômico”.

 

Perspectivas - O governador de Guainía da Colômbia, Javier Elicer Zapata, destacou que o diálogo abriu perspectivas de novos negócios com o governo amazonense. “Foi importante porque temos a intenção de fazer um intercâmbio entre o Amazonas e Guainía, sobretudo para fortalecer o setor primário com a inclusão de mais tecnologia para assim beneficiar também outras comunidades de nossa região”, comentou.

O encontro contou com a presença dos secretários estaduais da Fazenda (Sefaz-AM), de Turismo (Amazonastur), Segurança Pública (SSP-AM), Meio Ambiente (Sema), Planejamento e Tecnologia (Seplancti), e dos diretores do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e da UEA.

FOTOS: JOEL ARTHUS/SECOM

spacer

ESPORTES Trio de boxeadores do Amazonas viaja para seletiva nacional em busca de vaga no Campeonato Brasileiro de Boxe

Três dos melhores pugilistas do Amazonas viajam nesta quarta-feira, dia 26, para Salvador, Bahia, para participar da Seletiva Nacional de Boxe Olímpico, categoria Elite, que acontecerá de 26 a 30 de outubro. O evento vale vaga para o Campeonato Brasileiro de Boxe, marcado para novembro. Para ir à competição, os atletas recebem apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

 

Desde os 18 anos no boxe, Rodrigo Queiroz, 32, vai para o torneio confiante que pode se credenciar para a competição nacional. Ainda que o caminho na categoria 56 kg seja espinhoso para a conquista do cinturão, o atleta da academia Pantera Negra confia no cartel de 30 lutas com apenas cinco derrotas.

 

“Essa vai ser a minha segunda competição nacional, disputei o Brasileiro em 2006, mas perdi na primeira luta. Porém, o fato serviu para ganhar experiência. Tenho consciência que este ano as lutas serão muito difíceis e vai ser preciso ter um bom desempenho. Preciso vencer três lutas para ir ao Brasileiro”, contou.

 

Parceiro de academia de Rodrigo, o pugilista Cleberson Serrão, 32, está invicto desde 2015. Na primeira competição fora do Amazonas, o lutador da categoria 51 kg acredita que sua estreia será positiva.  “Estou bem confiante. Vão ser lutas difíceis e essa será a minha primeira competição fora do Estado, mas vou para ganhar a vaga para o Brasileiro”, decretou.

 

Considerada uma das promessas do time amazonense, João Lenon, 23, já conquistou tudo nas competições de boxe do Amazonas. Sem sorte nos últimos Brasileiros, o jovem nascido em Santarém-PA, que viveu em Roraima e há três anos mora e treina na Vila Olímpica de Manaus, pretende virar os últimos ‘capítulos’ e ter um final feliz.

 

“Já disputei umas seis competições nacionais. Espero algumas pedreiras na categoria 64 kg, como o Cara de Cobra da Bahia e o Cássio de Sergipe, eles são fortes. O Cássio, por exemplo, é medalha de bronze no último Mundial cadete. Estou tranquilo e na esperança de um bom resultado. Já fui bronze no Brasileiro de 2011, em 2013 perdi nas classificatórias, assim como em 2014 e em 2015 não fui. Agora em 2016, com uma nova visão e preparação, espero um resultado bom”, contou.

 

Para o presidente da Federação Amazonense de Boxe (FAB), Luis Rocha, os pugilistas podem surpreender na competição. “Eles foram os atletas que mais se destacaram nas competições desse ano. O Cleberson ainda não perdeu desde o ano passado. O Rodrigo vem se destacando bastante e o João Lenon dispensa comentários. Só não tem tido sorte no Brasileiro, mas agora pode ser diferente”, acredita.

FOTOS: MAURO NETO/SEJEL

spacer