MERENDA ESCOLAR DE QUALIDADE É OFERECIDA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE COARI


Umas das grandes prioridades na prefeitura de Coari é com a merenda escolar oferecida as crianças, jovens e adolescentes que estudam no ensino público da zona rural e urbana do município. Pensando nisso, deste o início do ano Letivo, em 7 de março de 2016, uma equipe de nutricionistas da Prefeitura Municipal de Coari, têm realizado periodicamente visitas às escolas. O propósito é elaborar o calendário da merenda escolar e avaliar nutricionalmente às crianças da rede de ensino.


De acordo com a nutricionista Gisele Lima, este ano está sendo implantado o programa de suplementação de vitamina C, nas escolas de ensino infantil, testes de aceitabilidade sobre os produtos oferecidos na merenda e encontro com agricultores familiares. Este último contato tem por objetivo mostrar aos alunos como é feita a produção dos alimentos que contém muitas vitaminas, pelos produtores rurais. "Este encontro visa incentivar às crianças no momento da alimentação. Com isso, elas passam a valorizar todo o trabalho feito pelos agricultores, além de adquirirem mais saúde", explicou a nutricionista.

A gerente do setor de planejamento e distribuição, Dione Chamy, explica que os trabalhos de uma nova planilha de merenda escolar começaram ainda em abril do ano passado. Com uma nova "roupagem", a alimentação dos alunos tem dentro do cardápio iogurte, poupas de frutas variadas, alimentos ricos em vitaminas totalmente indicado pelas nutricionistas profissionais. Só nos dois primeiros meses, foram adquiridos para uso 5 toneladas de carne bovina, 5 toneladas de leite integral, 5 toneladas de feijão, 8 toneladas de arroz, 30 mil unidades de iogurte, 76 mil unidades de pão, 100 toneladas de frutas e verduras tais como Castanha do Brasil, banana, abacaxi, melancia, polpas de frutas, jerimum, couve, laranja e entre outros alimentos incluídos na lista das nutricionistas.

Para os que possuem cardápios especiais, a Prefeitura Municipal comprou 300 kg de leite desnatado, 300 kg de leite sem lactose, 400 kg de biscoito assado de polvilho e 300 adoçantes.  Dione afirma que o governo municipal não tem medido esforços quando o assunto é alimentação dos alunos da rede municipal de ensino, garantido assim maior qualidade de vida a estes estudantes.

Comentários