9 de fevereiro de 2016

UM TIPO DE NOTÍCIA QUE NOS FAZ PENSAR

Mais de 58 mil crianças podem morrer de fome na Somália

Também, uma reflexão sobre o quadro de desnutrição em nosso município.

Li essa notícia no Site do Portal Terra. Uma notícia preocupante, e que faz lembrar que o mundo pós moderno ainda sofre com problemas medievais, como é o caso da fome. Ler que mais de 58 mil crianças podem morrer de fome em um único país é triste e faz lembrar um cenário apocalíptico bíblico, no entanto, mais que ser previsto nas páginas históricas do livro sagrado, a realidade é atual e preocupante. Mais que números, são vidas que perecem por falta do básico: a alimentação humana.

Veja abaixo algumas citações da matéria sobre o assunto:
O nível de desnutrição, principalmente das crianças, é muito preocupante, aproximadamente 350 mil menores de cinco anos sofrem de desnutrição aguda”, declarou o coordenador da ajuda humanitária da ONU na Somália, Peter de Clercq, em nota.

A situação faz lembrar que há quatro anos, quando a combinação de uma seca de grande amplitude com a guerra civil provocou a morte devido à fome de mais de 250 mil pessoas.
Atualmente, cerca de 950 mil pessoas “lutam diariamente para se alimentarem” e 4,7 milhões de somalis, perto de 40% da população, necessitam de ajuda humanitária, segundo os dados recolhidos pela Unidade de Análise da Segurança Alimentar e da Nutrição da ONU e a Rede de Alerta Precoce da Fome.
Esse problema, por mais que seja do outro lado do mundo, deve chamar a atenção para a nossa realidade. Cabe perguntar neste momento: quantas crianças em Coari passam fome? Qual é o quadro de desnutrição das crianças coarienses? Há alguma pesquisa que aponte para esta informação? Se há o que tem sido feito para combater a baixa nutrição? Se não há cabe a quem fazer este levantamento?

Não é bom relegar este assunto a um segundo plano. Mesmo que nós estejamos morando em um estado privilegiado pela abundância de peixes, água doce e uma floresta monumental e uma terra em que se plantando podemos colher hortaliças e frutos diversos, há ainda em nosso meio crianças que também passam fome. Quais os fatores que podem estar causando a fome em nosso município e quais as alternativas que o poder público e a sociedade civil organizada pode oferecer para ajudar a combater este problema?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.