9 de fevereiro de 2016

SAI MANDADO DE PRISÃO PARA ENVOLVIDOS EM TENTATIVAS DE HOMICÍDIO POR CAUSA DO TRÁFICO, EM COARI

Os cidadãos de Coari acompanharam estarrecidos vários homicídios e tentativas de homicídios, que aconteceram em uma sucessão de ocorrências que mais lembrava uma disputa da máfia italiana do que casos de violência em uma pequena cidade do interior do Amazonas. Havia o senso comum do que os homicídios eram resultantes da disputa pelo tráfico na cidade e zona rural. Se dizia entre os coarienses: "Os traficantes estão se matando!".

Aqui no Blog em Destaque alertamos para a necessidade de um trabalho de inteligência a ser feito pela polícia com o objetivo de estancar a violência, prender os culpados e até salvar vidas. De fato, agora, após alguns meses dos fatos que estarreceram os coarienses a polícia de Coari consegue chegar a alguns nomes envolvidos na onda de violência que tinha como principal elemento a disputa pelo domínio do tráfico de drogas e o judiciário, após comprovações, deferiu mandados de prisão para três elementos envolvidos nos homicídios e tentativas de homicídio.

O Jornal A Critica que divulgou a relação dos procurados pela polícia informou:

De acordo com o delegado de Coari, Mauro Duarte, um dos procurados é Jony Jogir Nunes Villa Corta, 41, suspeito de ter mandado matar o traficante e “pirata de rio” Gerlan de Souza Ferreira, 38, no mês passado.
No dia do crime, além de Gerlan, que cumpre pena em regime domiciliar, a filha e a neta dele, de 7 e 3 anos respectivamente, também foram baleadas.
Os outros dois suspeitos foram identificados como Josemar Hyldo Marinho Pereira, o “Capixaba”, 24, que foi quem atirou contra o traficante, e Matheus Melo da Cruz, o “Ovo”, 20,  que pilotava a mota usada no crime. A motivação da tentativa de homicídio é a disputa pelo tráfico de drogas.


Os cidadãos coarienses sabem que é impossível zerar casos de homicídio, apesar de desejarem muito isso, mas pelo menos por causa da disputa do tráfico, que esse mal seja anulado em nossa cidade, pela ação firme da polícia e da justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.