13 de janeiro de 2016

Vida na Via Láctea só na Terra

NOTICIAS

Estrela descoberta recentemente reduz a possibilidade de encontrar vida extraterrestre


Uma descoberta recente traz sérias dúvidas sobre as possibilidades reais de que exista vida em outra parte da Via Láctea.


Trata-se da observação da estrela TVLM 513-46546, localizada a 35 anos luz da Terra, no aglomerado globular M9. Além de surpreender por sua velocidade, que lhe permite realizar uma rotação completa a cada duas horas, os cientistas também analisaram seu campo magnético: é centenas de vezes mais poderoso que o do Sol, com emissões 10 mil vezes mais fortes que as erupções da nossa estrela, apesar de ter 90% a menos de massa, algo que era absolutamente impensável até hoje.

Peter Williams, do Centro de Astrofísica Harvard Smithsonian, e diretor da pesquisa, explica que “se vivêssemos ao redor de uma estrela como essa, não poderíamos ter comunicações por satélite. Na verdade, seria extremamente difícil que a vida conseguisse evoluir em um entorno tão tempestuoso”.

O artigo, publicado pelo The Astrophysical Journal, sugere que essa descoberta, captada pelos telescópios do observatório ALMA, no Chile, é desanimadora em relação à procura de vida extraterrestre em nossa galáxia: estrelas como essa são as mais comuns, porém são tão frias que um hipotético planeta habitável teria que orbitar muito perto para conter água líquida – claro que essa proximidade, com a novidade das tempestades solares, não seria apropriada para abrigar vida.

2 comentários:

  1. Daniel eu quero sabem é du dinheiro da educação que até o momento não saiu.

    ResponderExcluir

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.