Header Ads

Transferência via TED deixará de ter valor mínimo, diz Febraban


Limite atual é de R$ 250. Operação permite que o dinheiro fique disponível no mesmo dia.
13/01/2016 14h49 - Atualizado em 13/01/2016 14h49
Do G1, em São Paulo
A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciou nesta quarta-feira (13) que as transferências eletrônicas via TED deixarão de ter valor mínimo a partir de sexta-feira (15). Hoje, apenas transferências a partir de R$ 250 podem ser feitas por meio dessa motalidade.

Criada em 2002, a TED permite a transferência de recursos entre bancos diferentes com crédito no mesmo dia. Em outras formas de movimentação financeira, como o DOC (Documento de Crédito) ou cheque é preciso aguardar pelo menos um dia para a conclusão da operação.
Segundo a Febraban, a medida irá "facilitar a vida do consumidor na hora de fazer transferências de dinheiro entre bancos diferentes".
O limite para TED vem caindo de ano para ano. Em 2003 estava em R$ 5 mil. Em 2010, caiu para R$ 3 mil. E, em 2012, para R$ 2 mil. Em 2014, o valor passou de R$ 1 mil para R$750. No ano passado, duas reduções levaram o limite a R$ 250.
As tarifas cobradas para a realização de TED variam de banco para banco. Para saber os preços praticados, os consumidores podem consultar o Sistema de Divulgação de Tarifas de Serviços Financeiros (STAR) pelo site www.febraban-star.org.br.

Nenhum comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.

Tecnologia do Blogger.