4 de janeiro de 2016

Bolsa Família terá reajuste, diz ministra do Desenvolvimento Social

Em entrevista ao jornal O Globo, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, disse que o aumento irá ocorrer, mas sem a certeza de quando ou quanto será o reajuste. “Existe a previsão de ter aumento no Bolsa Família, na casa de R$ 1 bilhão, que pode ser um pouquinho maior, dependendo do comportamento da economia”, disse a ministra.
A emenda vetada pela presidente, que propôs o reajuste com base na inflação, foi do senador Aécio Neves. A ministra Tereza Campello disse se preocupar com a “ideia de indexar o Bolsa Família à inflação”. Se aprovada, a emenda teria um impacto orçamentário de R$ 3 bilhões. O senador Aécio Neves criticou o veto e disse que com isso, a presidente “sacrifica a população que mais precisa do apoio do governo”.
“É uma proposta completamente descabida. Usar o argumento de que recompõe perda inflacionária é desconhecer o que ocorreu com os mais pobres nos últimos anos”, disse a ministra em resposta.
De acordo com a ministra, o veto ocorreu porque Dilma não queria atrelar o aumento do benefício a inflação, e assegurou que não haverá qualquer veto da presidente sobre o orçamento do Bolsa Família, que deverá ser de R$ 28,8 bilhões, como prevê o Senado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. O Blog em Destaque reserva-se o direito de não publicar ou apagar acusações insultuosas, mensagens com palavrões, comentários por ele considerados em desacordo com os assuntos tratados no blog, bem como todas as mensagens de SPAM.