ARTIGO: Prefeitura de Coari está no caminho para superar efeitos da crise

O CAMINHO AGORA É SANAR AS CONTAS PÚBLICAS E FOLHA DE PAGAMENTO



O município de Coari está à caminho de superar grande parte dos problemas gerados pela crise financeira e econômica que assolam o país. A crise é real,  seus reflexos estão sendo sentidos em todos os municípios da federação,  no nosso não é diferente.  A perca de 33 milhões de repasse dos royalties do petróleo de 2014 para 2015 foi uma realidade, assim como a queda quase pela metade dos recursos federais para a Educação e a Saúde são reais e a maior prova é o orçamento oficial de Coari para 2016,  contemplado na Lei Orçamentária Anual é de menos 50 milhões (aproximadamente) comparado ao ano de 2015.


Mas,  porque a gestão de Raimundo Magalhães pode estar próximo de realmente superar os reflexos da crise? Um dos fatores para explicar esta retomada está no próprio orçamento municipal.  Nos últimos 08 meses,  desde que assumiu a prefeitura em Abril, Magalhães administrou o município com um orçamento que ficou fora da realidade...  O orçamento previa um recurso que não entrou no tesouro municipal, valores que ficaram aquém da estrutura administrativa necessárias para a saúde,  educação, limpeza pública, manutenção,  empenhos e outras despesas.

A partir de agora,  o prefeito terá a oportunidade de administrar um orçamento enxuto,  real e baseada nos valores que provavelmente entrarão nos cofres municipais. O maior desafio era organizar a folha de pagamento,  o que será bem possível à partir deste mês,  oportunidade quando os funcionários estarão recebendo seus vencimentos e o administrador público vai poder adequar-se à Lei de Responsabilidade Fiscal. São apenas 8 meses,  para por o orçamento em dia e organizar uma folha que vinha confusa devido a alternância de pelo menos 6 prefeitos consecutivamente.

Comentários