A crise financeira que atinge o Brasil tem o seu maior reflexo nos municípios.  A grande maioria dos municípios enfrenta dificuldades para pagar décimo terceiro salários,  folha de pagamento e fornecedores.  Apesar da crise,  o município de Coari vem realizando um grande esforço para fechar o ano de 2015 com os compromissos assumidos em dia.


Atento as dificuldades que se apresentam,  o prefeito de Coari Raimundo Magalhães determinou a sua equipe econômica que apresentasse um plano de contigenssiamento,  para que as principais demandas referentes a  empenhos,  fornecedores e folha de pagamento fossem atendidas.  Como resultado deste planejamento a prefeitura fecha o  ano de 2015 com o  pagamento do décimo terceiro em dia. "Amanhã,  dia 23 a prefeitura de Coari estará pagando o décimo terceiro dos funcionários efetivos,  e já está programando a folha de pagamento do mês de dezembro dentro do prazo previsto por lei"  - informou a Secretária de Economia Wanessa Alves. Com o pagamento do décimo terceiro salário a Prefeitura de Coari injeta cerca de 3 milhões de reais na economia local.

Quanto aos fornecedores,  a Prefeitura de Coari tem tentado manter os pagamentos  dentro dos prazos contratuais,    para que os serviços públicos não parem ou não sejam duramente atingidos pela crise financeira que atinge o país. Um exemplo disto é o pagamento das pessoas que prestam serviços para o transporte escolar na ordem de 480 mil reais,  pagamento que foi realizado nesta terça-feira (22).

O município de Coari sofreu um impacto da queda de receita da ordem de quase 30%.  Para ter ideia,  o orçamento  para o ano de 2016 prevê um deficit de mais de 40 milhões de reais. Os repasses federais também apresentaram deficit também.
"Apesar da queda de receita que Coari atravessa, o município tem feito de tudo para honrar os compromissos assumidos" - afirmou a secretária.